Matheus Mattos nocauteia Cee Jay Hamilton e vence primeira no Bellator | SUPER LUTAS

Matheus Mattos nocauteia Cee Jay Hamilton e vence primeira no Bellator

O lutador tupiniquim foi responsável pela primeira vitória brasileira no evento dessa sexta (16); Dayana Silva foi nocauteada pela australiana Arlene Blencowe

M. Matheus enfrentou CJ. Hamilton no card principal do Bellator 262 Foto: Instagram

Um dos representantes do Brasil no card do Bellator 261 dessa sexta (16), Matheus Mattos foi o responsável pela primeira vitória tupiniquim no evento. Com uma atuação segura, o peso galo (até 61,2kg) nocauteou Cee Jay Hamilton no terceiro round. Também na parte principal, Dayana Silva foi derrotada por Arlene Blencowe.

Veja Também

O combate entre Cee Jay Hamilton e Matheus Mattos começou ‘a mil por hora’. No primeiro minuto, o brasileiro acertou um golpe que ‘balançou’ o seu oponente. Os dois atletas mantinham a luta em pé e trocavam socos e chutes. O lutador tupiniquim dominava o centro do cage circulas mas o norte-americano era efetivo nos contra golpes. No minuto final, Mattos pressionou Hamilton contra a grade e atacou com joelhadas e pisões.

Na segunda parcial, Mattos voltou mantendo a distância e usando os chutes para pontuar. Hamilton tentava se aproximar, porém, sem sucesso. O lutador tupiniquim ‘apertou o passo’ e acertou um ‘upper’de direita junto com um golpe de esquerda que derrubou Hamilton. Com o adversário na posição de quatro apoios, coube ao brasileiro acertar mais alguns socos antes do árbitro decretar o fim do combate.

O lutador brasileiro se recupera da derrota sofrida em seu último combate e agora possui um cartel de 12 vitórias, duas derrotas e um empate. Por outro lado, Hamilton sofre o seu segundo resultado negativo em sequência e agora marca 15 triunfos e nove reveses no MMA profissional.

Tyrell Fortune ‘atropela’ Matt Mitrione e vence por nocaute

T. Fortune x M. Mittrione Foto: Instagram

Na luta co-principal do evento, Fortune atropelou Mitrione ‘sem dó e nem piedade’. Logo no ínicio do combate, Fortune botou o seu adversário para baixo e encaixou uma sequência de golpes. O veterano ainda tentou se desvencilhar e fugir mas Tyrell insistiu e continuou os ataques. Coube a Dan Miragliotta interromper o massacre.

Atual número cinco do ranking, Fortune conquistou a sua terceira vitória seguida na organização e ficou bem próximo de uma possível disputa de título nos pesados (até 120,2kg). O lutador possui um cartel de 11 triunfos e apenas um revés em sua carreira.

Veterano com passagem pelo UFC, Matt Mitrione segue o seu calvário e agora sofre a sua quarta derrota consecutiva. Aos 43 anos, o número sete da classificação marca 13 vitórias e nove reveses

Mesmo com boa atuação, Dayana Silva é nocauteada por Arlene Blencowe

A. Blencowe enfrentou a brasileira Dayana Silva Foto: Instagram

Amplamente favorita para o confronto, a australiana Arlene Blencowe teve muitas dificuldades nos dois primeiros rounds contra a brasileira Dayana Silva. Mantendo grande parte da luta em pé, as duas atletas fizeram um combate com muita troca de golpes e combinações. A brasileira chegou a conseguir uma queda no final da segunda parcial mas não teve tempo para tentar uma finalização ou ataque.

A brasileira voltou para o terceiro assalto tentando ser mais agressiva, mas, no primeiro minuto, a australiana acertou um cruzado de esquerda que levou Dayana ao chão. Ainda houve tempo para mais dois golpes da veterana antes da interrupção do árbitro.

Número dois do ranking dos penas (até 65,7kg), Arlene volta ao caminho das vitórias após ser derrotada pela campeão da divisão Cris Cyborg. A lutadora de 38 anos passa a marcar em seu cartel 14 triunfos e oito reveses.

A brasileira Dayana Silva sofreu a sua segunda derrota em duas lutas na organização. Sua estreia foi em abril desse ano com resultado negativo sofrido para Julia Budd na decisão unânime dos juízes. Aos 30 anos, a lutadora tupiniquim possui um histórico no MMA profissional de nove vitórias e sete reveses.

Com atuação dominante, Johnny Eblen vence estreante Travis Davis

J. Eblen x T. Davis Foto: Instagram

A ‘zebra’ não teve espaço para passear na abertura do card principal do Bellator 261. Com uma atuação dominante do ínicio ao fim, o número cinco do ranking dos médios (até 83,9kg) Johnny Eblen controlou o combate em pé e na luta olímpica contra o estreante Travis Davis. Após 15 minutos de uma atuação estratégica, vitória do ‘mãos de diamante’ na decisão unânime dos juízes.

Após sua segunda atuação dominante consecutiva, Eblen deve ganhar mais algumas posições na classificação da categoria e se mantém invicto na carreira com nove vitórias. Por outro lado, Travis volta a ser derrotado após duas lutas e agora ostenta um cartel de 10 triunfos e cinco reveses.

Resultados do Bellator 262

CARD PRINCIPAL

Peso mosca (até 56,7kg.): Juliana Velasquez x Denise Kielholtz – Luta pelo cinturão

Peso pesado (até 120,2kg.): Tyrell Fortune derrotou Matt Mitrione por nocaute técnico a 1m45s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Matheus Mattos derrotou Cee Jay Hamilton por nocaute técnico 1m33 do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Arlene Blencowe derrotou Dayana Silva por nocaute técnico a 1m do R3

Peso médio (até 83,9kg.): Johnny Eblen derrotou Travis Davis na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.): Said Sowma nocauteou Ronny Markes a 1m09s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Cody Law venceu Theodore Macuka por nocaute técnico a 1m54s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Diana Avsaragova venceu Gabriella Gulfin na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Adil Benjilany venceu Johnny Soto na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Charlie Campbell venceu Nicholas Giulietti por nocaute técnico a 1m30s do R2

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments