UFC on FOX 7: Bendo sofre, mas defende cinturão; Cormier estreia com vitória

Campeão defendeu o cinturão dos pesos leves na decisão dividida dos juízes

Ben Henderson cinturaoFoi no sufoco, mas o norte-americano Ben Henderson derrotou Gilbert Melendez na decisão dividida dos juízes e defendeu com sucesso o cinturão dos pesos leves. O duelo foi a atração principal do UFC on FOX 7, evento realizado na noite deste sábado (20), em San Jose, na Califórnia. O resultado, que foi bastante contestado pelo público, marcou a terceira defesa de cinturão de “Bendo” na organização. O programa de lutas do show teve apenas um brasileiro em ação. No card preliminar, Hugo Wolverine foi nocauteado por TJ Dillashaw no primeiro round.

A luta

Disputado do principio ao fim, Ben Henderson e Gilbert Melendez fizeram um duelo eletrizante, digno de uma disputa de cinturão. O desafiante começou melhor no combate, sempre antecipando as ações do campeão.

Gilbert trabalhou em contragolpe nos socos e aproveitou as tentativas de chute de Bendo para segurar a perna e derrubar o campeão. Porém, Henderson conseguiu se levantar rápido e voltou o duelo para a trocação. No segundo assalto, Melendez foi novamente melhor. Ele evitou os ataques do campeão e acertou mais golpes contundentes em Ben.

A história começou a mudar no terceiro assalto. O campeão voltou a trabalhar com chutes rápidos. Em um deles, ele conseguiu desequilibrar Gilbert. Com mais volume de luta, Bendo também foi superior no quarto round.

Com o duelo totalmente equilibrado, o cinturão dos leves estava em jogo no quinto e último assalto. O campeão teve um início de parcial melhor, mas resolveu administrar na segunda metade e acabou atingido pelo desafiante em vários momentos.

Ao final de 25 minutos de disputa, os dois lutadores levantaram os braços. Mas os juízes marcaram vitória de Ben Henderson na decisão dividida dos juízes (48×47, 47×48, 48×47).

Após o duelo, um fato inusitado. Após receber o cinturão de Dana White, Bendo pegou uma aliança, que estava com um de seus treinadores, e de joelho, pediu a namorada em casamento. Ela aceitou e beijou o campeão.

Com o resultado, Ben Henderson acumula 19 vitórias e apenas duas derrotas, enquanto Melendez conheceu sua terceira perda na carreira e mantém as 21 vitórias.

Cormier vence Mir

Cercada de muita expectativa, a estreia de Daniel Cormier foi conservadora e não agradou ao público presente na HP Pavilion, em San Jose. Diante de Frank Mir, o vencedor do GP de pesos pesados do Strkeforce não fez uma grande luta, mas, mesmo assim, venceu o ex-campeão do UFC na decisão unânime dos juízes.

Cormier preferiu não correr riscos em sua primeira luta no Ultimate e logo encurtou a distância, mantendo o rival contra as grades. Sem conseguir derrubar Mir, Daniel travava o duelo clinch, sempre trabalhando com golpes curtos. A história se repetiu no segundo assalto, com Cormier mantendo Frank com as costas na grade, mas sem conseguir derrubar o rival. O público não gostou vaiou a atuação dos lutadores.

Passivo na luta nas duas primeiras parciais, Frank Mir tentou abrir o jogo no último assalto. O ex-campeão aplicou alguns chutes em Cormier. Porém, Daniel logo encurtou a distância e voltou a colocar o rival preso contra as grades.

Nos instantes finais, Cormier ainda acertou um cruzado de esquerda que balançou Mir. Porém, ele não deu prosseguimento no ataque e voltou a disputa para o clinch. Ao final de 15 minutos, vitória de Daniel Cormier na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27).

O resultado marcou a 12ª vitória de Daniel Cormier no MMA. O lutador segue invicto na carreira e deve descer a divisão dos meio-pesados de olho na possibilidade de disputar o cinturão contra Jon Jones.

Josh Thomson atropela irmão de Nick Diaz

O norte-americano Josh Thomson reestreou no UFC em grande estilo. Após ficar quase nove anos afastado do evento, o peso leve mostrou que tem potencial para figurar entre os melhores atletas da divisão mais disputada do Ultimate. Diante de Nate Diaz, irmão de Nick Diaz, Thomson não tomou conhecimento do rival.

Com uma trocação afiada, Josh ainda conseguiu uma queda para sair em vantagem na primeira parcial. Após levar vantagem no primeiro round, Thomson encerrou a disputa de maneira sensacional.

O ex-lutador do Striforce aplicou um lindo chute alto, que acertou a canela na cabeça de Nate, que sentiu e foi ao solo. Sem perder tempo, ele acertou mais dois golpes e deixou o irmão de Nick Diaz de costas no chão.  Soberano no solo, Josh Thomson ainda aplicou mais alguns socos até o árbitro decretar o nocaute técnico.

Confira abaixo os resultados completos do UFC on FOX 7:

Card Principal

Ben Henderson derrotou Gilbert Melendez na decisão dividida dos juízes;

Daniel Cormier derrotou Frank Mir na decisão unânime dos juízes;

Josh Thomson derrotou Nate Diaz por nocaute técnico no R2;

Matt Brown derrotou Jordan Mein por nocaute técnico no R2 ;

Card Preliminar

Chad Mendes derrotou  Darren Elkins por nocaute técnico no R1;

Francis Carmont derrotou Lorenz Larkin na decisão unânime dos juízes;

Myles Jury derrotou Ramsey Nijem por nocaute no R2;

Joseph Benavidez derrotou Darren Uyenoyama por nocaute técnico no R2;

Jorge Masvidal derrotou Tim Means na decisão unânime dos juízes;

TJ Dillashaw derrotou Hugo Wolverine por nocaute técnico no R1;

Anthony Njokuani derrotou Roger Bowling por nocaute no R2;

Yoel Romero derrotou Clifford Starks por nocaute no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments