Charles do Bronx afirma que vai 'machucar e finalizar' Dustin Poirier em possível disputa de cinturão | SUPER LUTAS

Charles do Bronx afirma que vai ‘machucar e finalizar’ Dustin Poirier em possível disputa de cinturão

O campeão dos leves acredita que o norte-americano merece ser o próximo desafiante ao título, mas se mostrou confiante

C. Do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

Campeão peso leve (até 70,3 kg) do UFC, Charles do Bronx ainda aguarda a definição do primeiro desafiante ao seu título. O brasileiro acredita que Dustin Poirier, que recentemente saiu vitorioso da trilogia contra o irlandês Conor McGregor, seja o nome certo para isso.

Veja Também

Em entrevista ao site MMAFighting, o campeão, que assistiu de perto ao triunfo de Poirier no UFC 264, afirmou que ainda tem que ouvir a confirmação do UFC, mas espera que o norte-americano seja o primeiro desafiante ao seu cinturão.

“Acredito que Dustin enfrentou Conor porque sabia que faria muito dinheiro. Ele abdicou de lutar pelo título, mas sabia que seria o próximo da fila com uma vitória. Não sei quais são seus planos. Uma luta com Nate Diaz também o faria ganhar muito dinheiro, mas não sei se tem muita lógica. Acho que a luta certa a se fazer é Charles Oliveira contra Dustin Poirier, mas não me preocupo. Sou o campeão. Eles que tem que correr atrás de mim e não o contrário”, analisou Charles.

Com nove vitórias consecutivas, sendo oito por nocaute ou finalização, Charles acredita que seria capaz de finalizar Dustin Poirier em um possível duelo contra o norte-americano.

“Eu acredito no poder das minhas mãos, mas acho que em uma luta contra Dustin eu poderia finalizar. Trabalhar com as mãos, com os golpes, eu machucaria bastante ele e depois finalizaria. Vai ser uma guerra, uma grande luta. Ele merece todo o respeito do mundo, tem mãos pesadas e um bom jiu-jitsu. Acho que seria uma grande luta, mas acredito na minha vitória”, afirmou o brasileiro.

Charles do Bronx conquistou o cinturão dos leves do Ultimate ao nocautear Michael Chandler no segundo round da luta principal do UFC 262, em maio deste ano.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments