Ex-campeã peso mosca do UFC, Nicco Montaño é demitida e criticada por Dana White. | SUPER LUTAS

Ex-campeã peso mosca do UFC, Nicco Montaño é demitida e criticada por Dana White.

Após diversos problemas com corte de peso e muitas lutas canceladas, o Ultimate decidiu desligar a campeã do 'TUF 26' do seu plantel de lutadores

N. Montaño foi desligada da organização Foto: Reprodução/Instagram @nrmontano

Depois de mais uma falhar mais uma vez em uma pesagem oficial do Ultimate, a paciência da organização com Nicco Montaño parece ter chegado ao fim. Em informação divulgada primeiramente pelo ‘MMA Fighting’ na última terça feira (3), a ex-campeã dos moscas (até 56,7) foi demitida da empresa. O presidente do UFC, Dana White comentou sobre a decisão.

“Eu acho que não importa em que divisão você a coloque, Nicco parece ter dificuldade em perder peso. Este pode não ser o esporte para ela”, criticou Dana em entrevista ao ‘UFC Arábia’.

A lutadora norte-americana ficou conhecida em 2017, quando conquistou a vigésima sexta edição do reality show ‘The Ultimate Fighter‘. Na ocasião, Montaño derrotou a veterana Roxane Modaferri na grande decisão, venceu o programa e se tornou a primeira campeã da divisão até 56,7kg da história do UFC.

Em sua primeira defesa de cinturão, Nicco enfrentaria a experiente Valentina Shevchenko, porém, precisou ser hospitalizada por não conseguir bater o limite da divisão dos moscas. A norte-americana teve o seu cinturão retirado e se mudou para a divisão dos galos (até 61,2kg) buscando acabar com os seus problemas de corte de peso.

Mesmo após sua mudança para a categoria de cima, Montaño seguiu tendo dificuldades em bater o limite da sua nova faixa de peso. Após diversas lutas canceladas por problemas em pesagem, a organização decidiu dar um fim em sua passagem pela ‘casa’. Seu último combate pela empresa, foi em julho de 2019, quando foi derrotada por Julianna Peña na decisão unânime dos juízes.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments