José Aldo admite ter se apressado ao disputar título nos galos e analisa luta contra Pedro Munhoz no sábado | SUPER LUTAS

AO VIVO

Siga o UFC Las Vegas 37 com 2 brasileiros. AO VIVO!

José Aldo admite ter se apressado ao disputar título nos galos e analisa luta contra Pedro Munhoz no sábado

Uma das estrelas do UFC 265, lenda dos penas abre o jogo sobre momento na nova categoria e mostra respeito a adversário deste fim de semana

J. Aldo (foto) é o quinto colocado no ranking dos galos. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos protagonistas do UFC 265, que acontece neste sábado (7), José Aldo está preparado para mais um compromisso no peso galo. Destaque na divisão, o manauara desabafou e admitiu ter se apressado ao disputar o cinturão da categoria até 61,2kg. e, agora, traça uma nova trajetória para uma nova oportunidade. Para isso, o atleta precisará passar por Pedro Munhoz e analisou o duelo contra o compatriota.

Veja Também

“Hoje em dia, se a gente parar e pensar friamente, penso dessa maneira (sobre ter se apressado para lutar pelo título). Lógico que dei um tiro grande pra acertar grande. Não fiz um processo como agora estou procurando fazer. Quero um passo de cada vez, chegar lá dentro, vencer e vencer até chegar na luta pelo título, bem preparado, já tendo passado por tudo que tenho que passar pra ser campeão”, afirmou o brasileiro, em entrevista ao ‘Combate’.

Atual número cinco na divisão liderada por Aljamain Sterling, José terá um novo ‘teste de fogo’ na divisão. Neste fim de semana, o manauara trocará forças contra um dos oponentes mais experientes do grupo. O ex-campeão dos penas (até 65,7kg.), então, analisou o confronto contra Pedro Munhoz.

“Pedro tem o estilo dele, tenho o meu, bastante agressivo, e acho que os fãs ganham com isso. É tudo muito novo ainda pra mim no peso galo, mas logico que já vi lutas dele, a gente faz análise em cima disso pra fazer o treinamento. Acho que tenho que tomar cuidado não só com ele, mas contra qualquer outro, que é não ser golpeado. (…) Respeito o estilo dele, a maneira de lutar, mas tenho que chegar lá, fazer o meu, o que treinei e assim chegarei à vitória. Acho que em todas as áreas tenho que respeitar, tomar cuidado, tanto na parte em pé e de chão dele, ele tem bons golpes, temos que tomar cuidado”, contou.

Veterano no MMA, Aldo também falou sobre a oportunidade de dividir o octógono com outro representante brasileiro. Para o ‘Campeão do Povo’, hoje, enfrentar um compatriota não é problema.

“Enfrentar outro brasileiro, para mim, é normal. Não é a primeira vez, não me preocupo. Cada um vai chegar e procurar defender o seu. É uma grande luta”, encerrou.

Caso supere Pedro no UFC 265, Aldo confirmará a boa fase dentro da categoria. Em dezembro de 2020, o manauara superou Marlon Vera e encerrou uma sequência de três derrotas. Se vencer, o tupiniquim pode se colocar em ótima condição para uma nova disputa de título.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?



Para acompanhar nossa transmissão ao vivo, clique no ‘auto faltante’ tire o ‘mudo’ do player acima

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments