Renan Problema dá show e aplica nocaute rápido no card preliminar da PFL #8 | SUPER LUTAS

Renan Problema dá show e aplica nocaute rápido no card preliminar da PFL #8

Brasileiro não toma conhecimento do estreante Stuart Austin e termina combate com 31 segundos

R. Problema derrotou S. Austin em apenas 31 segundos. Foto: Reprodução/YouTube

Não deu nem para o cheiro. Renan Problema impressionou ao nocautear, em 31 segundos, Stuart Austin com uma bomba de direita, em luta que encerrou o card preliminar da PFL #8 desta quinta-feira (19). Assim, o brasileiro entra como ‘lutador reserva’ caso haja algum imprevisto entre os semifinalistas do torneio dos pesados (até 120,2kg.).O evento ocorreu no Seminole Hard Rock Hotel & Casino, nos Estados Unidos.

Veja Também

Aos 31 anos, Problema foi envolvido em um problema no início da competição, quando enfrentou Fabrício Werdum, com uma luta sem resultado – que praticamente tirou suas chances de se classificar às semifinais do torneio dos pesados (até 120,2kg.). Ainda assim, ele emplacou outras duas vitórias arrasadoras e, agora, tem um cartel de oito triunfos e dois reveses.

Já Austin não consegue uma boa estreia na organização e sofre sua oitava derrota na carreira. Aos 33, o inglês conta com o retrospecto de 15 resultados positivos e oito negativos em sua trajetória no MMA.

A LUTA

Renan Problema começou o combate chutando baixo, com boa defesa de Stuart Austin. O brasileiro ainda aplicou outro chute – desta vez na linha da cintura. Logo em seguida, ele desferiu uma bomba de direita que fez o inglês cair já nocauteado no decágono. Ao perceber que seu rival já estava entregue, inclusive, Problema decidiu por nem desferir outros socos e já saiu comemorando o novo triunfo.

Em luta morna, Mo DeReese supera Carl Seumanutafa na decisão dos juízes

M. DeReese (dir.) volta a vencer na PFL. Foto: Reprodução/Instagram

Uma das vítimas de Bruno Cappelozza no torneio dos pesados (até 120,2kg.), Mo De Reese conseguiu, enfim, voltar a vencer. O norte-americano fez luta franca contra Carl Seumanutafa e conseguiu o triunfo na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27).

No MMA profissional desde 2014, De Reese, agora, conta com um cartel de oito triunfos e quatro reveses.

Por outro lado, Seumanutafa está ‘negativo’ na carreira, com 12 resultados positivos e 14 negativos.

Marina Mokhnatkina tem estreia sem brilho, mas derrota Claudia Zamora por pontos

M. Mokhnatkina (dir.) venceu C. Zamora (esq.) por pontos. Foto: Reprodução/Twitter

Poderia ter sido melhor a estreia de Marina Mokhnatkina na PFL. Ex-campeã de Sambô e uma das promessas da categoria dos leves (até 70,3kg.), a russa fez um duelo morno contra Claudia Zamora na terceira luta da noite. Ainda assim, a lutadora saiu vencedora na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27).

Com passagem pelo Bellator, Marina estreia com o ‘pé direito’ em sua nova organização. Profissional de MMA desde 2016, ela tem um cartel de seis resultados positivos e dois negativos na carreira.

Escalada inicialmente para encarar Mariana Morais – que substitui Larissa Pacheco nas semifinais do torneio da PFL, Claudia não teve tempo hábil para se adaptar à adversária e perde pela segunda vez na carreira. A norte-americana já venceu outras três vezes.

Amanda Leve consegue reviravolta e finaliza Miranda Barber em estreia no MMA

A. Leve finaliza M. Barber no primeiro round. Foto: Reprodução/Twitter

Multicampeã no jiu-jitsu, Amanda Leve não teve facilidade em seu debute nas artes marciais mistas. Após levar desvantagem na trocação, a norte-americana decidiu ‘voltar as origens’, quedou e finalizou Miranda Barber com um mata-leão no primeiro round. O combate foi válido pela categoria dos leves femininos (até 70,3kg.).

Com duas lutas no MMA amador, Leve consegue sua primeira vitória como profissional depois de boa trajetória na ‘arte suave’. Em entrevista pós-luta, ela afirma que gostou da experiência e se diz ‘faminta’ por construir sua trajetória na organização.

Por outro lado, Miranda Barber sofre sua segunda derrota e, agora, tem um incômodo cartel negativo (2-1). Ela foi nocauteada em sua penúltima luta, contra Laura Sanchez, em janeiro de 2020.

Christian Lohsen domina, vence Jonas Flok e estreia com vitória na PFL

C. Lohsen domina e vence J. Flok em estreia na PFL. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta inicial da PFL #8, Christian Lohsen aproveitou a primeira oportunidade na organização e teve sucesso em seu debute. O peso leve (até 70,3kg.) fez uso da envergadura e domínio no chão para vencer Jonas Flok na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28).

Ex-Contender Series, Lohsen consegue sua nona vitória na carreira. Profissional desde 2017, o norte-americano ficou de fora do torneio dos leves, mas mostra que pode ser um dos postulantes ao título no futuro. Ele também tem duas derrotas.

Já Jonas Flok, que também era estreante da noite, não sai do decágono com o resultado que esperava e, agora, sofre seu sexto revés. Em sua trajetória no MMA, ele tem outros 14 triunfos.

Resultados da PFL #8

CARD PRINCIPAL

Peso leve: Kayla Harrison derrotou Genah Fabian por nocaute técnico a 4m01s do R1 – semifinal

Peso pesado: Bruno Cappelozza derrotou Jamelle Jones por nocaute técnico a 1m33s do R2 – semifinal

Peso leve: Taylor Guardado derrotou Mariana Morais na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28) – semifinal

Peso pesado: Ante Delija derrotou Denis Goltsov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28) – semifinal

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Renan Problema derrotou Stuart Austin por nocaute  a 31s do R1

Peso pesado: Mo DeReese derrotou Carl Seumanutafa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso leve: Marina Mokhnatkina derrotou Claudia Zamora na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve: Amanda Leve finalizou Miranda Barber com um mata-leão a 4m18s do R1

Peso leve: Christian Lohsen derrotou Jonas Flok na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments