Pezão sobre disputa contra Velasquez: ‘Ninguém é invencível’

Brasileiro aposta no peso de suas mãos para vencer o campeão dos pesos pesados

A. Pezão (dir.) antes do combate contra C. Velasquez (esq.) no ano passado. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Pezão (dir.) antes do combate contra C. Velasquez (esq.) no ano passado. Foto: Josh Hedges/UFC

Há pouco mais de uma semana de sua primeira disputa de cinturão no Ultimate, o brasileiro Antônio “Pezão” Silva tem demonstrado não estar intimidado com seu adversário, Cain Velasquez. Durante a conferência de imprensa do UFC 160, Pezão falou sobre sua expectativa sobre o combate do próximo dia 25.

“Não existem super-heróis neste esporte. Ninguém é invencível. Eu tenho trabalhado duro nas últimas nove semanas. Eu tenho me preparado e estou muito confiante que vou ter meu braço levantado (ao fim da luta)”, disse o ex-lutador do extinto Strikeforce.

Pezão demonstra confiança justamente na revanche de uma das suas piores derrotas – o brasileiro sofreu uma derrota categórica para Velasquez em sua estreia no Ultimate. Ainda durante a entrevista, Antônio Silva tentou explicar o revés, sofrido há praticamente um ano.

“Eu acho que a principal coisa é que na nossa primeira luta eu estava nervoso e ansioso. Eu tenho substituído estas emoções agora. Estou calmo e vou controlado. Comparando o meu estilo de luta ao de Cain, eu teria que nascer de novo para tornar-se mais rápido do que ele. Eu tenho quase 13 kg a mais que ele. Ele vai ser mais rápido que eu. Então eu preciso trabalhar com o que tenho: mãos muito, muito pesadas”, ponderou.

Antônio Pezão Silva e Cain Velasquez se enfrentam pelo título dos pesos pesados no combate principal do UFC 160. O evento está programado para acontecer no próximo dia 25 de maio, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na co-luta principal da noite, o brasileiro Junior Cigano encara o neozelandês Mark Hunt.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments