Lutador de MMA é morto pelo FBI em investigação do atentado em Boston

Ibragim Todashev teria relações com os irmãos Tsarnaev, suspeitos do ataque com bomba na maratona

I. Todashev, que tinha um cartel de 1-0, foi morto pelo FBI. Foto: Reprodução/WESH-TV

I. Todashev, que tinha um cartel de 1-0, foi morto pelo FBI. Foto: Reprodução/WESH-TV

O lutador Ibragim Todashev, de 27 anos, foi baleado e morto pelo FBI na noite desta terça-feira (21) na Flórida (EUA), suspeito de envolvimento com os atentados a bomba na Maratona de Boston – ocorrido no último dia 15 de abril. Segundo informações da agência de investigação, Todashev teria sido “violento” durante a abordagem dos oficiais.

Ibragim Todashev havia realizado apenas uma luta como profissional, no dia 27 de julho de 2012, pelo Real Fighting Championships – um evento de menor proporção nos Estados Unidos. Na ocasião, ele finalizou Bradford May na segunda luta do RFC 27: Showtime.

LEIAMousasi quer enfrentar Vitor Belfort nos pesos médios

O FBI ainda não se pronunciou mais detalhadamente sobre a morte de Todashev, mas segundo informação que estão sendo veiculadas pela imprensa norte-americana, repassadas por um amigo do lutador, a morte teria acontecido depois de um interrogatório sobre as suas ligações com os irmãos Tsarnaev – principais suspeitos da autoria do atentado.

VEJAEA Sports lança trailer com cenas do jogo oficial do UFC

Um dos veículos de imprensa dos Estados Unidos, a WESH (afiliada da NBC em Orlando), foi além ao estabelecer a relação entre Ibragim e os irmãos Tsarnaev. Segundo o canal de televisão, Todashev conhecia o irmão mais velho, Tamerlan Tsarnaev, por meio do esporte, já que Tamerlan também praticava MMA. A informação, porém, não foi confirmada oficialmente.

Marcadores: MMA

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments