Volkanovski revela confusão de Ortega durante luta por cinturão: ‘não sabia aonde estava indo’

Após defender o cinturão, o australiano demonstrou respeito ao desafiante por ter conseguido lutar até o final dos cinco rounds

A. Volkanovski (dir.) e B. Ortega (esq.) deram show no UFC 266. Foto: Reprodução/Instagram

Forte candidata ao prêmio de melhor duelo do ano, a luta principal do UFC 266, entre Alexander Volkanovski e Brian Ortega foi uma guerra. Ao fim do terceiro assalto, Ortega, que minutos antes havia chegado muito perto de vencer a luta por finalização, parecia que não teria condições de retornar para o quarto round após receber duros golpes de Volkanovski no ground and pound.

Veja Também

Na coletiva de imprensa após o evento, Volkanovski revelou que Ortega estava realmente desorientado no intervalo entre o terceiro e o quarto round. O campeão afirmou que o desafiante não conseguia responder aos comandos e às perguntas da equipe médica e do árbitro Herb Dean, mas o parabenizou por ter conseguido retornar para os dois rounds finais como se nada tivesse ocorrido.

“O árbitro optou por dá-lo um minuto fazendo perguntas que ele nem conseguia responder. Eu estava lá vendo. Ele respondeu tudo errado. Mandavam ele olhar para um lado e ele olhava para o outro. Esperaram ele responder uma certa e deixaram ele voltar. Ele literalmente não conseguia ver aonde estava indo. Achei que era só eu voltar para a luta e colocar um pouco de pressão, mas ele respondeu meus ataques como se nada tivesse acontecido. Ele é duro, tem muita resistência e dou os créditos a ele”, afirmou Volkanovski.

Após defender o cinturão dos penas pela segunda vez, Alexander Volkanovski fez questão de deixar para trás as provocações em relação a Ortega e afirmou que o norte-americano conquistou o seu respeito.

“Ele é duro. Eu tentei entrar na cabeça dele, disse algumas coisas que normalmente não digo. Não ia fazer isso, mas fiz no calor do momento. Não tenho nada além de respeito por ele agora. Ele conquistou meu respeito. Achei que eu fosse quebrá-lo, achei que ele estava quebrado após o terceiro round.”, afirmou o australiano.

Podcast #034: A volta de Borrachinha ao UFC e a possível aposentadoria de Fedor