Volkanovski admite que acreditou em perda de cinturão com guilhotina de Ortega

Após defender o título pela segunda vez, o campeão dos penas admitiu que a tentativa de finalização de Ortega estava perfeitamente encaixada

A. Volkanovski em coletiva de imprensa após o UFC 266 (Foto: Reprodução/Youtube)

Na luta principal do UFC 266, Alexander Volkanovski derrotou Brian Ortega por decisão unânime dos juízes (50-45, 49-46, 50-44) e defendeu pela segunda vez o cinturão peso pena (até 65,7 da organização). Ao contrário do que podem fazer parecer as pontuações nas papeletas dos juízes laterais, o resultado da luta poderia facilmente ter sido outro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

No terceiro round do duelo, Brian Ortega surpreendeu Volkanovski com um direto e rapidamente atacou o campeão com uma guilhotina que parecia perfeitamente encaixada, mas não conseguiu finalizar a luta. Em coletiva de imprensa realizada após o evento, Alexander Volkanovski admitiu ter pensado que perderia o cinturão naquele momento.

“Estava encaixada no nível ‘p***, acho que vou perder o cinturão’. Estava tão encaixada quanto poderia estar. Sem sacanagem. Eu lembro que eu estava fazendo uns barulhos estranhos e pensando que ia perder o cinturão, mas continuei lutando e assim que um pequeno espaço se abriu, consegui escapar. Mas logo depois ele me pega na p**** de um triângulo também. T-City (apelido de Brian Ortega) é conhecido por seu jiu-jitsu. Eu achava que ele não ia me pegar desse jeito, mas ele me pegou, créditos a ele que me fez ter que realmente cavar muito para sair da situação. É disso que campeões são feitos”, afirmou o australiano.

PUBLICIDADE:

Pela “guerra” protagonizada na luta principal do UFC 266, Alexander Volkanovski e Brian Ortega foram recompensados com o prêmio de “Luta da Noite”.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?