Douglas Lima promete novo nocaute sobre Michael Page no Bellator 267

Ás vésperas da revanche com o atleta inglês, o lutador brasileiro enalteceu o seu adversário, mas admitiu que planeja vencer pela via rápida novamente

D. Lima perdeu o cinturão dos meio-médios em sua última luta. Foto: Reprodução/Instagram

Ás vésperas da revanche contra Michael Page no Bellator 267, o brasileiro Douglas Lima afirmou que planeja um final parecido com o da primeira luta. Em entrevista ao ‘MMA Junkie‘, o ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg) reconheceu a qualidade do seu adversário, mas, declarou que espera nocauteá-lo novamente.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ele é um quebra-cabeça e você tem que ser capaz de resolvê-lo. Fiz isso uma vez, mas, é muito complicado. Você não consegue encontrar parceiros de treino como ele. Tenho que esperar o momento certo, como fiz da última vez, ser paciente e não cair nos truques e na movimentação dele. Vi que muitos oponentes contra os quais ele lutou caíram. Eles ficaram bravos, colocaram as mãos para baixo, tentando fazer o que ele faz e foram pegos. Estou sempre focado e minhas mãos vão ficar para cima o tempo todo. Vou lutar como luto, colocar pressão e vou acertá-lo, como fiz da última vez. A mão direita vai entrar de novo. Espero terminar antes do terceiro round”, declarou Lima.

Após perder o cinturão dos meio-médios em seu último combate, o brasileiro reconheceu o seu péssimo desempenho no duelo contra Yarolasv Amosov e prometeu ir atrás de uma revanche contra o novo campeão.

PUBLICIDADE:

“Definitivamente, aprendi muito com as derrotas. Meu desempenho na última luta foi terrível. Provavelmente, foi uma das minhas piores performances. Não fiz nada naquela luta, mas, isso é passado. Nem penso muito nisso agora, especialmente, com essa luta chegando. Estou focado em Michael Page. Tenho que conseguir a vitória para ir atrás dele mais uma vez”, finalizou o ex-campeão.

Ex-campeão dos meio-médios, Douglas vem em fase complicada na carreira. O brasileiro vem de duas derrotas consecutivas. Na última delas, foi dominado pelo ucraniano Yaroslav Amosov e foi destronado do posto de líder da categoria. O combatente possui um cartel de 32 triunfos e nove reveses na carreira.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?