Israel Adesanya questiona ‘mais uma chance’ após nova prisão de Jon Jones: ‘Não é a primeira vez’

Campeão dos médios (até 83,9kg.) se compara a 'Bones' e diz que atleta não consegue seguir sua carreira sem entrar em polêmicas

I. Adesanya volta a criticar J. Jones. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Rival declarado, Israel Adesanya comentou sobre a prisão de Jon Jones, acusado de praticar violência doméstica, violação de veículo e lesão corporal. Em suas redes sociais, o campeão da divisão dos médios (até 83,9kg.) do UFC aproveitou para criticar a conduta de ‘Bones’ e questiona uma possível nova chance ao norte-americano de se redimir, apesar de seus problemas pessoais.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu tenho certeza que vocês vão dar a ele mais uma chance (risos). Eu juro que disse que ele ia ferrar com tudo de novo. Ele não pode evitar. Agora, estamos aqui. Já cometi alguns erros no passado, mas aprendo com todos eles. Não acho que seja a primeira vez que isso acontece na casa dele”, escreveu Adesanya em seu ‘Twitter’ oficial.

Não é a primeira vez que a rivalidade entre Israel Adesanya e Jon Jones é aflorada. Anteriormente, o neozelandês afirmou que gostaria de encarar o ‘Bones’, que tratou de zombar do desafio. Os dois lutadores, inclusive, se tratam com hostilidade em cada declaração à mídia.

PUBLICIDADE:

Adesanya, agora, deve defender o cinturão da divisão dos médios (até 83,9kg.) em janeiro de 2022, na revanche diante de Robert Whittaker. Por outro lado, Jones – que se preparava para estrear nos pesados (até 120,2kg.) tem futuro incerto em sua carreira depois de novo problema com a justiça.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS