Agente exalta Usman e diz que nigeriano já superou St-Pierre como melhor meio-médio da história

Ali Abdelaziz volta a abrir discussão sobre o maior da divisão em todos os tempos e coloca o atual campeão acima de ‘GSP’ na disputa

Para A. Abdelaziz, K. Usman (esq.) já superou G. St-Pierre (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Para Ali Abdelaziz, empresário de renome do mundo das artes marciais mistas, a história tem sido feita na categoria dos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o ‘homem dos negócios’ fez questão de exaltar o legado que vem construindo Kamaru Usman em sua carreira e, inclusive, ele já coloca o nigeriano como maior nome da divisão em todos os tempos, tendo superado Georges St-Pierre na disputa.

Veja Também

“Eu acredito que (Kamaru) Usman já tenha superado Georges St-Pierre. Eu amo o GSP, mas Usman nunca perdeu, igualou seu recorde (de defesas de título) e vai superar em novembro (contra Colby Covington). Ele nunca foi quedado, sofreu knockdown ou esteve em perigo. Já GSP passou por tudo isso. Ele é um (membro do) ‘Hall da Fama’, mas Usman é o rei”, afirmou Abdelaziz.

E não para por aí. Para o empresário, os feitos e o legado construído por Kamaru fazem com que o nigeriano esteja na discussão dos melhores lutadores da história do esporte. Ali, inclusive, mandou uma ‘indireta’ para outros possíveis atletas que possam vir a entrar na seleta lista.

Kamaru Usman é o rei e, hoje, é o melhor lutador da atualidade no mundo. Eu nunca me importei com o que as pessoas pensam, mas hoje sinto que elas me entendem. Quando falamos de melhor meio-médio do planeta, precisamos citar Usman – junto a Khabib (Nurmagomedov) – como o maior da história. Se você já se dopou, não merece entrar na discussão”, concluiu o empresário.

A discussão entre o melhor da história dos meio-médios (até 77kg.) segue dividindo opiniões na comunidade dos esportes de combate e um possível encontro entre Usman e GSP – que está aposentado – chegou a ser cogitado. Os atletas, no entanto, nunca chegaram a medir forças no octógono.

Podcast #35: E agora Borrachinha? Mais Glover em busca do cinturão do UFC neste sábado