Em clima de revanche, Werdum finaliza Minotauro no duelo dos técnicos do TUF Brasil 2

Sete anos após derrota no PRIDE, gaúcho finalizou a lenda do MMA em Fortaleza (CE)

F. Werdum (foto) venceu Minotauro com uma bela chave de braço. Foto: Josh Hedges/UFC

F. Werdum (foto) venceu Minotauro com uma bela chave de braço. Foto: Josh Hedges/UFC

Foram quase sete anos de espera por uma segunda chance, mas finalmente Fabrício Werdum devolveu a derrota para Rodrigo Minotauro no extinto PRIDE, em julho de 2006. O gaúcho finalizou a lenda do MMA no segundo round e venceu o duelo dos técnicos da segunda temporada do The Ultimate Fighter Brasil, na luta principal do TUF Brasil 2 Finale, neste sábado (8), em Fortaleza (CE).

LEIA MAIS:
– Leo Santos finaliza Patolino e é o campeão do TUF Brasil 2
– Brasileiros vencem todas no card preliminar do UFC Fortaleza
– Show de finalizações e nocaute de Thiago Silva no card principal

A luta

No início do combate, o que se viu foi praticamente um duelo de jiu-jitsu. Werdum conseguiu a queda e tentou trabalhar na meia-guarda. Na sequência, o gaúcho conectou bons golpes e uma joelhada na cabeça de Minotauro, que acusou o golpe. Até o término do assalto, Minotauro tentou impor seu boxe enquanto Werdum tentava trabalhar o muay thai, ambos sem sucesso.

No segundo round, visivelmente mais cansados, os lutadores diminuíram o ritmo e usaram a luta agarrada para descansar. Em um dos momentos no chão, Werdum se aproveitou de uma bobeada de Minotauro, tomou as costas do oponente e encaixou uma chave de braço, finalizando o combate.

Werdum pensa no cinturão

Com a vitória, Fabrício Werdum possui um cartel de 17 vitórias, cinco derrotas e um empate. Em sua entrevista após a vitória, “Vai Cavalo”, como é conhecido, exaltou seu oponente. “É uma honra lutar com o Minotauro, é a segunda vez que nós lutamos e eu estou muito feliz de lutar com ele. O cara é f*d* mesmo!”, disse Werdum.

O gaúcho, que hoje ocupa o terceiro lugar no ranking oficial dos pesos pesados do UFC, também comentou sobre a possibilidade de disputar o cinturão da categoria. “É o que eu mais quero na minha vida. Estou treinando todos os dias para isso”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments