Primo de Khabib, Usman Nurmagomedov dá mais um show e finaliza Patrik Pietila no Bellator 269

Promessa do peso leve mundial, o atleta russo tem agora 14 vitórias em seu cartel invicto no MMA

U. Nurmagomedov segue invicto em sua carreira no Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Usman Nurmagomedov mostrou por que é considerado um dos maiores talentos da divisão dos leves (até 70,3 kg) no mundo e deu mais um show no Bellator 269. O primo de Khabib Nurmagomedov, ex-campeão do UFC, não tomou conhecimento de Patrik Pietila e finalizou o finlandês ainda no primeiro assalto, em luta que aconteceu em peso combinado.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com a vitória sobre Pietila, a terceira em 2021, Usman Nurmagomedov tem agora um cartel com 14 vitórias, sendo oito por nocaute e quatro por finalização, e nenhuma derrota.

A LUTA

Após soltar um bonito chute giratório, que ficou no vazio, Usman Nurmagomedov atacou em queda e derrubou Patrik Pietila com grande facilidade. O finlandês conseguiu travar o ímpeto do russo por algum tempo, mas não demorou para Usman conseguir a transição, pegar as costas do adversário, fechar os ganchos e encaixar o mata-leão para vencer a luta ainda no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Anatoly Tokov bate Sharaf Davlatumurodov em luta equilibrada

Válida pela divisão dos médios (até 83,9 kg), a primeira luta do card principal do Bellator 269 terminou com vitória de Anatoly Tokov sobre Sharaf Davlatumurodov na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28).

Após dois anos parado por conta de lesões, Tokov, atleta da FedorTeam, retornou ao cage circular do Bellator com muito favoritismo contra o compatriota Davlatmurodov, que estreava na organização. O que se viu, no entanto, foi uma luta equilibrada e decidida nos detalhes.

PUBLICIDADE:

Com a vitória, Tokov se mantém invicto no Bellator e tem agora seis vitórias na organização. O cartel do russo é de 30 vitórias e apenas duas derrotas. Sharaf Davlatumurodov, por outro lado, perdeu em sua primeira aparição no cage circular e tem agora 18 vitórias e quatro derrotas.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?