Gregory Robocop vai do inferno ao céu no UFC Las Vegas 41 e apaga adversário com nocaute brutal

Brasileiro sobrevive a castigo e atropela Jun Yong Park com show no segundo round em luta que encerrou o card preliminar

G. Robocop derrotou J. Park no UFC Las Vegas 41. Foto: Reprodução/Instagram

Um verdadeiro show entre dois guerreiros encerrou o card preliminar do UFC Las Vegas 41, realizado neste sábado (23). No confronto entre Gregory Robocop e Jun Yong Park, os lutadores mostraram muito coração e deixaram tudo no octógono. Após ‘passeio’ no primeiro assalto, o brasileiro acabou levando o troco na etapa seguinte, mas superou um castigo e encontrou a vitória com um duro nocaute, que apagou o rival.

PUBLICIDADE:

VEJA TAMBÉM

Candidato a um dos bônus de performance, Robocop confirmou o bom momento na organização. Representante dos médios (até 83,9kg.), o brasileiro manteve a invencibilidade no Ultimate, com dois resultados positivos em sequência.

PUBLICIDADE:

Apagado por Gregory, Park teve interrompida uma sequência de três vitórias consecutivas com as luvas do Ultimate. A última derrota do sul-coreano havia sido em agosto de 2019, quando foi finalizado por Anthony Hernandez.

A luta

O confronto começou com os atletas se estudando no centro do octógono. O primeiro golpe foi desferido por Park após quase um minuto decorrido. Robocop respondeu com dois chutes no corpo do adversário. Gragory balançou o sul-coreano com uma combinação de cruzados e diretos. Park respondeu e os atletas topavam a trocação franca. Passados dois minutos, o brasileiro buscou o clinch. Yong se afastou, mas acabou surpreendido com uma cotovelada limpa no rosto. O duelo seguia movimentado, com os dois lutadores buscando o nocaute. Robocop mostrou o jiu-jitsu de alto nível, derrubou o oponente e imediatamente chegou às costas. Em posição de desvantagem, o sul-coreano tentava se defender, mas Robocop acompanhava os movimentos do adversários. Gregory seguia preso às costas do rival e buscava espaço para encontrar a finalização. Próximo ao minuto final, o tupiniquim golpeava e tentava encontrar o espaço para finalizar. Perto do fim da etapa, Robocop golpeava, mas o sul-coreano acabou salvo pelo gongo.

PUBLICIDADE:

Nos segundos iniciais do segundo round, Park balançou o brasileiro com uma combinação de socos. Acuado contra as grades, o Robocop tentava responder, mas o momento era ruim. O tupiniquim foi para as pernas, quase foi pego em uma guilhotina, mas conseguiu reverter a situação. O sul-coreano ficou de pé, voltou a levar vantagem na trocação, mas, com maestria, Gregory voltou a derrubar o oponente. O brasileiro tentava chegar às costas, mas Yong conseguiu se afastar. Na trocação, o sul-coreano seguia levando vantagem. Os golpes de Jun entravam limpos e balançavam o tupiniquim. Gregory mostrou muito coração e conseguiu descontar o momento com uma bomba de direita, que, abalou o rival. O brasileiro se aproveitou do bom momento e o sul-coreano acabou nocauteado em pé.

PUBLICIDADE:

Mason Jones vende David Onama em superluta

M. Jones (dir.) derrotou D. Onama (esq.) no UFC Las Vegas 31. Foto: Reprodução/Instagram

Com adversário substituto de última hora, Mason Jones estrelou uma das lutas mais emocionantes do UFC Las Vegas 41. Diante de David Onama, escalado no lugar do lesionado Alan Nuguette, o peso leve (até 70,3kg.) não teve vida fácil. Foram três rounds movimentados e com show de técnica de ambos os lados. Depois de 15 minutos de luta, Jones foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Jones volta a vencer após mais de um ano. O atleta vinha de um tropeço e um ‘no contest’ contra Alan Nuguette.

O tropeço na estreia no Ultimate marcou a primeira derrota na carreira de Onama. Chamado de última hora para o show, o atleta, agora, tem um revés em nove apresentações no MMA.

Resultados do UFC Las Vegas 41

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Marvin Vettori derrotou Paulo Borrachinha na decisão unânime dos juízes (48-46, 48-46, 48-46]

Peso leve: Grant Dawson e Ricky Glenn empataram na decisão majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 28-28)

Peso galo: Jessica-Rose Clark derrotou Joselyne Edwards na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pena: Alex Caceres finalizou Seung Woo Choi com um mata-leão a 3m31s do R2

Peso meio-médio: Francisco Massaranduba derrotou Dwight Grant na decisão unânime dos juízes (27-29, 29-27, 29-27)

Peso meio-pesado: Nick Negumereanu derrotou Ike Villanueva por nocaute técnico (socos) aos 1m18s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Gregory Rodrigues derrotou Ju Yong Park por nocaute técnico (socos) aos 3m13s do R2

Peso leve: Mason Jones derrotou David Onama na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha: Tabatha Ricci derrotou Maria Oliveira na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Jamie Pickett derrotou Laureano Staropoli na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve: Jai Herbert derrotou Khama Worthy por nocaute técnico a 2m47 do R1

Peso mosca: Jeff Molina derrotou Daniel Miojo por nocaute técnico (socos) aos 0m46s do R2

Peso palha: Randa Markos derrotou Livinha Souza na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso galo: Jonathan Martinez derrotou Zviad Lazishvilli na decisão unânimes dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?