Borrachinha volta a ser agressivo, mas sucumbe a Vettori e perde segunda consecutiva no UFC

Brasileiro e rival entregam grande show aos fãs em embate decidido pelos juízes no UFC Las Vegas 41

P. Borrachinha (esq.) foi derrotado por M. Vettori (dir.) no UFC Las Vegas 41. Foto: Reprodução/Instagram

Valeu a rivalidade. Após uma semana de provocações e polêmicas envolvendo corte de peso, Paulo Borrachinha e Marvin Vettori entregaram um verdadeiro show na luta principal do UFC Las Vegas 41. Durante 25 minutos, os atletas buscaram o nocaute e agitaram o público presente no Apex. Após cinco rounds bem disputados, o italiano levou vantagem e saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Depois de apresentar ao Ultimate o ‘antigo Borrachinha’, o brasileiro tentou, mas não fez o suficiente para superar o rival. Com golpes potentes, mas inferior ao oponente, o atleta, que teve um ponto retirado no decorrer no confronto, acabou perdendo a segunda consecutiva e se afastou de uma nova disputa de cinturão.

Rival de Paulo no fim de semana, Marvin teve grande performance e conseguiu suportar bons golpes desferidos pelo adversário. Vitorioso, o atleta conseguiu deixara para trás a desvantagem no peso – já que o confronto foi alterado para os meio-pesados (até 93kg.) devido a uma falha do mineiro – e se colocar, novamente, em condições para uma futura luta pelo título.

PUBLICIDADE:

O tropeço diante de Vettori marcou o segundo revés na carreira do brasileiro. O italiano, por sua vez, se recuperou da derrota sofrida pelo campeão dos médios (até 83,9kg.), Israel Adesanya, e contabilizou o 18º triunfo na carreira no MMA.

A luta

O confronto começou com Borrachinha tomando a iniciativa com um chute baixo. Vettori respondeu com um chute alto, que passou no vazio. O brasileiro voltou a minar a base do italiano, que não encontrava o brasileiro nos momentos iniciais. Paulo voltou a chutar, mas se desequilibrou. Marvin tentou se aproveitar e partiu para cima do mineiro. O italiano tentava pressionar o tupiniquim contra as grades, mas Paulo conseguiu se afastar. O italiano conectou uma boa sequência de jab e direto no rosto do brasileiro, que respondeu com um jab. O mineiro continuou apostando nos chutes na linha de cintura do italiano, que seguia caminhando para frente. Borrachinha continuava agressivo, mas Vettori mostrava perigo nos contragolpes. Passados três minutos, Marvin passou a pressionar o brasileiro contra as grades com combinações de socos. O mineiro não acusou os golpes e conseguiu se afastar. No minuto final, o duelo seguia movimentado, com os dois lutadores buscando o nocaute. Perto do fim da etapa, os combatentes seguiram trocando golpes no centro do octógono, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, o italiano foi o primeiro a atacar, com uma sequência de jabs. O brasileiro respondeu com um chute na linha de cintura. Vettori continuava ‘perseguindo’ o mineiro pelo octógono e seguia pontuando. Paulo conseguiu furar a guarda do adversário com um direto e, na sequência, balançou o rival com um chute alto. Em bom momento, Borrachinha partiu para cima e tentava encerrar o duelo. Marvin tentava se recuperar, mas ainda levava perigo nos contragolpes. O italiano voltou a impor seu ritmo, mas seus ataques não contundiam como no início do round. Paulo voltou a encaixar boas combinações e obrigou o oponente a caminhar para trás. Restando cerca de dois minutos para o fim do assalto, Marvin foi para a luta agarrada e conseguiu derrubar o mineiro. Borrachinha se levantou rapidamente e a disputa foi interrompida momentaneamente após um dedo no olho aplicado pelo brasileiro. Pela ação, Paulo acabou penalizado com um ponto. No retorno, Vettori encaixou um cruzado no rosto do mineiro, que respondeu com um chute baixo. O brasileiro agrediu o adversário com uma sequência de chutes altos, que explodiram na guarda do italiano. Marvin seguia absorvendo bem os ataques e, no minuto final, passou a pressionar o brasileiro com socos próximo às grades. Assim como na primeira etapa, o assalto terminou com os protagonistas combinando ataques no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

O terceiro assalto começou com começou com o brasileiro insistindo no chute alto. Marvin acertava na distância e se esquivava dos ataques do mineiro. Vettori passou a pressionar o brasileiro contra as grades e lançava socos no corpo do tupiniquim. Passados quase dois minutos, o italiano encaixou um direto limpo no rosto do brasileiro, mas Paulo respondeu na mesma moeda, mas na linha de cintura. Restando dois minutos para o fim da etapa, os combatentes continuavam empolgando e o confronto seguia tenso. Depois de ataques das duas partes, Paulo surpreendeu e levou Marvin para o chão. O brasileiro ameaçou uma guilhotina, mas o italiano conseguiu escapar e reverteu a posição. Por cima, Vettori tentava avançar nas posições, mas o mineiro buscava travar o confronto. A etapa acabou com Marvin por cima, mas sem muitas ações.

Não penúltimo round, Vettori pontuava com jabs, mas Borrachinha respondeu com um chute na linha de cintura. O italiano caminhava para frente e, no clinch, passou a pressionar o mineiro contra as grades. Borrachinha encaixou um cruzado de esquerda limpo no rosto de Marvin, mas o rival não se abalou. Os atletas passaram a trocar golpes na curta distância e continuavam na busca pelo nocaute. O duelo seguia ‘lá e cá’. Nenhum ataque ficava sem resposta. Restando dois minutos para o fim do round, Vettori conectou um direto limpo no rosto do mineiro, mas Borrachinha provocou, não acusando o ataque. Nos segundos finais, o italiano tentou uma queda, mas o mineiro se defendeu bem. A etapa acabou com Vettori conectando um chute na linha de cintura do mineiro.

O round decisivo inciou com Borrachinha conectando um direto no rosto do italiano. Marvin descontou com uma sequência de jabs. O brasileiro tentava surpreender o oponente, mas o italiano continuava caminhando para frente. Passado um minuto, Paulo balançou o italiano com uma sequência de ganchos na linha de cintura e cruzados. Em mau momento, o italiano partiu para a luta agarrada e buscou levar o brasileiro para chão. Pressionado contra as grades, o brasileiro se defendia e conseguiu se afastar. O tupiniquim seguia agressivo e buscava o nocaute. Marvin levava a pior na trocação e não mostrava o mesmo ímpeto dos rounds iniciais. O italiano voltou a buscar as pernas do brasileiro, que, contra as grades, se defendia. Paulo voltou a se afastar e continuava agredindo o rival com chutes, jabs e diretos. O mineiro continuava crescendo no último round e tentava emplacar o fim da peleja. Nos segundos finais, os atletas continuaram trocando golpes. Marvin voltou a tentar nova queda, mas a defesa de queda do brasileiro estava em dia. O duelo acabou com os atletas no clinch.

Resultados do UFC Las Vegas 41

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Marvin Vettori derrotou Paulo Borrachinha na decisão unânime dos juízes (48-46, 48-46, 48-46]

Peso leve: Grant Dawson e Ricky Glenn empataram na decisão majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 28-28)

Peso galo: Jessica-Rose Clark derrotou Joselyne Edwards na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pena: Alex Caceres finalizou Seung Woo Choi com um mata-leão a 3m31s do R2

Peso meio-médio: Francisco Massaranduba derrotou Dwight Grant na decisão unânime dos juízes (27-29, 29-27, 29-27)

Peso meio-pesado: Nick Negumereanu derrotou Ike Villanueva por nocaute técnico (socos) aos 1m18s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Gregory Rodrigues derrotou Ju Yong Park por nocaute técnico (socos) aos 3m13s do R2

Peso leve: Mason Jones derrotou David Onama na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha: Tabatha Ricci derrotou Maria Oliveira na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Jamie Pickett derrotou Laureano Staropoli na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve: Jai Herbert derrotou Khama Worthy por nocaute técnico a 2m47 do R1

Peso mosca: Jeff Molina derrotou Daniel Miojo por nocaute técnico (socos) aos 0m46s do R2

Peso palha: Randa Markos derrotou Livinha Souza na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso galo: Jonathan Martinez derrotou Zviad Lazishvilli na decisão unânimes dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?