Scott Coker celebra ‘efeito Fedor Emelianenko’ e projeta retorno do Bellator à Rússia

Presidente projeta expansão de sua organização e diz que pode voltar ao local 'outras vezes' no ano

S.Coker posa com F. Emelianenko. Foto: Reprodução/Twitter

Neste sábado (23), o Bellator 269 foi realizado em Moscou, na Rússia, e teve grande repercussão pelo nocaute de Fedor Emelianenko diante de Tim Johnson na luta principal. Feliz com a participação do público, o presidente da organização, Scott Coker, revela que está expandindo a promoção por países na Europa e afirma que deseja voltar ao local para outras edições.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Tivemos uma grande participação dos fãs aqui. Com a expansão do Bellator, decidimos por expandir à Europa, com Reino Unido, Irlanda, Itália, Hungria, Israel, e, agora, colocamos a Rússia em nossa lista. Fizemos um grande trabalho. Gostaríamos de construir um negócio por aqui e considero promover os eventos por mais vezes aqui. A principal razão foi o Fedor Emelianenko, mas temos outros grandes lutadores russos”, afirmou Coker.

Disposto a promover um grande evento, Scott investiu nas presenças do primo de Khabib – Usman Nurmagomedov – e Fedor Emelianenko para ter boa aceitação do público. E a aposta surtiu efeito, já que ambos os atletas conseguiram triunfar. O peso leve (até 70,3kg.) finalizou Patrik Pietila com um mata-leão, enquanto o ‘Último Imperador’ nocauteou Tim Johnson, ambos no primeiro round de seus respectivos duelos.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?