Após críticas de Júnior Cigano, Dana White justifica demissão do ex-campeão dos pesados

Em entrevista ao canal 'TSN', o mandatário revelou os motivos que fizeram a empresa demitir o lutador brasileiro, que vinha de quatro derrotas consecutivas

D. White em coletiva do UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Após Júnior Cigano tecer críticas pesadas a forma como foi tratado pelo UFC em seus últimos momentos na empresa, Dana White respondeu ao lutador brasileiro. Em entrevista ao canal ‘TSN‘, o mandatário justificou a demissão do ex-campeão dos pesados (até 120,2kg) e afirmou que não havia mais condições de mantê-lo na empresa.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Dana White confirma a mudança de categoria de Paulo Borrachinha: ‘É um meio-pesado agora’

Veja Também

Junior Cigano disse algumas coisas outro dia, que ele estava chateado pela forma que ele saiu do UFC e que eu só queria dinheiro. Ele está na casa dos 40 anos agora e está em uma sequência de quatro ou cinco derrotas. Chega um momento em que eu tenho que tomar uma decisão, quando um cara continua perdendo e está com uma certa idade, aqui simplesmente não é mais o lugar para ele estar”, afirmou Dana.

PUBLICIDADE:

Derrotado em suas últimas quatro lutas no Ultimate, Júnior foi demitido em março desse ano após pouco mais de 12 anos de empresa. O auge do lutador brasileiro foi entre 2011 e 2012, quando foi campeão da divisão dos pesos pesados. Atualmente, o atleta tupiniquim possui um cartel de 21 triunfos e nove reveses no MMA profissional.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?