Ex-UFC Tim Credeur se entrega às autoridades após acusações de posse de droga e arma

Ex-peso médio do UFC é mais um a engrossar a lista de lutadores com problemas policiais

Credeur engrossa a lista de lutadores com problemas policiais. Foto: Reprodução Youtube

Credeur engrossa a lista de lutadores com problemas policiais. Foto: Reprodução Youtube

A lista de lutadores que passam a frequentar as páginas policiais do noticiário não para de crescer. Depois da sentença aplicada a Paul Kelly – condenado por tráfico de drogas – agora é a vez do também ex-UFC Tim Credeur.

De acordo com reportagem do norte-americano MMA Junkie, o peso médio se entregou na manhã desta segunda-feira às autoridades policiais do Centro de Correção do Distrito de Lafayette. Com uma acusação de posse de maconha e outra de arma de fogo, Credeur ainda teve que pagar US$5.500 de taxa sobre as duas pendências.

O mandado de prisão contra Credeur havia sido emitido no dia 29 de maio pela polícia de Lafayette, cidade onde o lutador é dono da Gladiators Academy. Um representante do escritório do Xerife da cidade disse que o lutador deve ser liberado ainda nesta segunda-feira. O incidente ocorreu no último dia 16 de abril.

Credeur chegou ao UFC através do TUF 7, quando foi semifinalista. Na organização, ele disputou cinco combates oficiais, tendo vencido as três primeiras contra Cale Yarbrough, Nate Loughran e Nick Catone. Depois de perder para Nate Quarry, Tim ficou quase dois anos sem lutar por inúmeras contusões e retornou no TUF 13 Finale, em junho de 2011, quando foi nocauteado por Ed Herman. Faixa-preta de jiu-jítsu do mestre Rodrigo Comprido, Credeur tinha cartel de 12 vitórias e quatro derrotas, com oito triunfos por finalização e quatro por nocaute.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Hordack mestre maromba
Hordack mestre maromba
7 anos atrás

Todo mundo sabia que o cara levava o apelido de “neneko” e tinha um estilo di vida um modelenho d viveeer pra la de suspeito