Invicto no MMA, primo de Khabib é detido na Rússia acusado de atropelar policial em aeroporto

Promessa do Bellator, Usman Nurmagomedov dirigiria um veículo sem registros e teria tentado passar por barreira fiscalizadora

U. Nurmagomedov (dir.) foi contratado pelo Bellator em 2022. Foto: Reprodução/Instagram

Primo do lendário Khabib, Usman Nurmagomedov teve seu nome envolvido em polêmica fora dos cages. Promessa do Bellator, o atleta invicto foi detido na Rússia acusado de atropelar um oficial em um aeroporto em Moscou. A informação foi divulgada pelo ‘TASS’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo a agência, Usman e um amigo dirigiam um carro com janelas coloridas e que não apresentava placas de identificação. Ao passarem por uma barreira de fiscalização, o lutador teria ignorado um policial, acelerando o automóvel e atropelando o oficial.

De acordo com relatório sobre o caso, a autoridade acabou sofrendo lesões. Usman pode sofrer consequências já que, de acordo com o ‘TASS’, foi aberto um processo criminal por parte do Comitê de Investigação Russo.

PUBLICIDADE:

Segundo o ‘MMA Fighting’, o Bellator já tem conhecimento do incidente. A empresa, no entanto, optou por não dar declarações até que haja mais informações sobre a situação.

Contratado pelo Bellator nesta temporada, Nurmagomedov, de 23 anos, é considerado uma promessa para o futuro no MMA. Seguindo os passos do primo, o peso leve (até 70,3kg.) tem um cartel impecável, com 14 apresentações e nenhum tropeço.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?