Presidente do UFC põe Belfort distante de uma revanche contra Anderson Silva

Dana White não negou que brasileiro possa disputar o título, mas afirmou que é difícil que isso aconteça novamente contra o Spider

A. Silva (esq.) e V.Belfort (dir.) se enfrentaram no UFC 126, com vitória do Spider. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Silva (esq.) e V.Belfort (dir.) se enfrentaram no UFC 126, com vitória do Spider. Foto: Josh Hedges/UFC

Mesmo com quatro vitórias consecutivas entre os pesos médios e estando ranqueado como segundo melhor atleta da categoria, Vitor Belfort não deve conseguir a esperada revanche contra Anderson Silva. Mesmo que indiretamente, o presidente do UFC Dana White respondeu com uma negativa à solicitação de Belfort, que havia pedido uma luta contra o vencedor do duelo entre o Spider e Chris Weidman.

“Ele (Vitor) foi chutado no rosto nos primeiros 60 segundos de um dos nocautes mais devastadores de todos os tempos. Então, quando você vira para o Anderson Silva, que está no final de sua carreira, e diz ‘ei, que tal o Vitor?’, ele vai dizer: ‘eu aniquilei o Vitor, eu fiz o Vitor parecer um cara que nem deveria estar lutando. Tenho outras lutas, quero lutar contra outros caras’. Ele fala muito do seu legado e essa luta é uma muito difícil de se realizar”, disse o dirigente, em conversa com a imprensa em Las Vegas, nesta quinta-feira (4).

White não descartou que Vitor possa disputar o cinturão no futuro, mas ressaltou a dificuldade disso acontecer enquanto Anderson Silva for o campeão. “Não estou dizendo que o Vitor não poderia receber a próxima disputa de título, ou não poderia receber uma chance em breve, mas se você é o Anderson Silva, você vai dizer: ‘eu quero novos desafios, eu quero enfrentar GSP, quero enfrentar Jon Jones’, ou alguém diferente do Vitor Belfort. É mais fácil fazer um argumento que o Dan Henderson deveria receber a próxima chance, entende? Ele não tem parecido impressionante nem tem vencido, mas ele não perdeu de uma forma tão ruim quanto o Vitor’, finalizou o presidente do Ultimate.

Antes de pensar em seu próximo duelo ou mesmo em conceder uma revanche a algum oponente que tenha vencido no passado, Anderson Silva tem neste sábado (6) um grande desafio: o brasileiro põe o título dos médios em jogo pela décima primeira vez contra o invicto norte-americano Chris Weidman. O combate é o evento principal do UFC 162, que acontece no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
ROBIN
ROBIN
7 anos atrás

O ANDERSON SILVA TÁ É COM MEDO DE ENFRENTAR O VICTOR , AQUILO FOI UMA FATALIDADE , AQUELE CHUTE .