Derrotado por Do Bronx, Poirier confirma que doará mais de R$100 mil à comunidade em que campeão nasceu

Norte-americano se diz comovido ao ver imagens da Favela da Prainha, local onde o brasileiro foi criado, e decide ajudar

D. Poirier (foto) foi derrotado por C. Do Bronx no UFC 269.
Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo não realizando o sonho de se tornar campeão linear do Ultimate, Dustin Poirier provou ser um grande ser humano. Batido por Charles do Bronx no UFC 269, realizado neste sábado (11), em Las Vegas (EUA), o norte-americano voltou seus olhos para o Brasil e confirmou que auxiliará financeiramente a população da Favela da Prainha, no Guarujá (SP), comunidade em que nasceu o paulista. Em coletiva após o evento, o atleta se mostrou comovido ao afirmar ter visto imagens do local.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu vi um vídeo dele (Do Bronx), esta semana, mostrando onde ele cresceu. Vi o quanto eles tinham pouco. Nesta semana, pensei em informá-lo que, vencendo, perdendo ou empatando, eu falaria com ele que eu e ‘The Good Fight Foundation’ (organização de caridades movida pelo norte-americano) doaríamos US$20 mil (cerca de R$ 112 mil) para a cidade dele no Brasil. Ele é um bom homem e saberá onde o dinheiro pode ser investido. É sobre isso. Ser uma pessoa melhor a cada dia”, disse Poirier, visivelmente emocionado.

Neste fim de semana, Dustin subiu ao octógono para fazer valer o favoritismo no confronto. Em sua segunda oportunidade de conquistar o topo absoluto dos leves (até 70,3kg.), o norte-americano voltou a falhar.

PUBLICIDADE:

Depois de um ótimo primeiro round, com chances de vitória, o ‘Diamante’ acabou sucumbindo ao chão de excelência do campeão. Após se recuperar na segunda etapa, Do Bronx encontrou o triunfo com um mata-leão no terceiro assalto.

Com o resultado, Charles conseguiu sua primeira defesa de título. Além de manter o trono, o atleta atingiu a marca de 10 vitórias consecutivas no UFC.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico