Absoluto nos leves, Do Bronx desabafa sobre críticos que desacreditavam de seu potencial

Depois de primeira defesa de cinturão no UFC 269, campeão rebate quem desacreditava na sua vitória sobre Dustin Poirier

C. Do Bronx comemora primeira defesa de cinturão no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Absoluto nos leves (até 70,3kg.) do Ultimate, Charles do Bronx está mais confiante do que nunca. Depois de fazer história, finalizar Dustin Poirier e manter o trono da divisão no UFC 269, neste sábado (11), em Las Vegas (EUA), o campeão desabafou sobre os críticos. Em coletiva após o espetáculo, o brasileiro rebateu os que desacreditavam em seu legado na categoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu não ligo para o que as pessoas acham. Eu vou e faço acontecer. Quase todas as vezes que eu entrei aqui, entrei como o cara que não merecia, que não era campeão. O que falam agora? Que eu não aguento tomar porrada. Olha tudo o que eu venho fazendo. Eles falam que eu desisto. O que vão procurar agora?”, questionou Do Bronx.

Campeão dos leves desde maio de 2021, Charles subiu no octógono como azarão contra Poirier. O brasileiro, no entanto, conseguiu, mais uma vez, provar ser merecedor do trono.

PUBLICIDADE:

No confronto, Do Bronx levou susto no primeiro round. O atleta, no entanto, deu show de resistência e reverteu a desvantagem no segundo e terceiro assalto.

O brasileiro conquistou a vitória em seu melhor estilo. Na terceira etapa, o combatente conseguiu colocar o jiu-jitsu em jogo e conseguiu um encaixar um mata-leão, obrigando o Dustin a bater em desistência.

PUBLICIDADE:

Além de manter o título, o brasileiro ampliou o grande momento na carreira. Do Bronx, hoje, soma 10 resultados positivos em sequência e não sabe o que é perder desde abril de 2017, quando foi superado por Paul Felder.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico