Dominick Cruz abre as portas para enfrentar José Aldo, mas prioriza revanche com Henry Cejudo

Ex-campeão dos galos, norte-americano admite que pode encarar o brasileiro para se aproximar do título, mas quer se vingar do 'Triplo C'

D. Cruz é ex-campeão dos galos do UFC. Foto: Reproduçã/Instagram

Depois de passar por ‘guerra’ no UFC 269 do último sábado (11) ao superar Pedro Munhoz na decisão unânime dos juízes, Dominick Cruz voltou a almejar postular entre os principais nomes da divisão. E, em entrevista coletiva pós-evento, o norte-americano abriu as portas para um possível confronto contra José Aldo, mas priorizou a revanche diante de Henry Cejudo, caso o ‘Triplo C’ retorne de aposentadoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Sim, você sabe que não vou dizer não para uma luta contra (José) Aldo só porque isso me deixa mais perto do título. Aldo é uma lenda do esporte. Eu tenho muito respeito por ele. Mas me irrita que eu tenha perdido para Henry Cejudo, já que ele se aposentou depois. E eu não pude esmagá-lo em uma revanche. Mas se esse idiota resolver voltar, eu estarei esperando por ele”, afirmou Cruz.

Na primeira luta entre Henry Cejudo e Dominick Cruz, o ‘Triplo C’ conseguiu um nocaute com uma joelhada no segundo round do confronto e, logo em seguida, ‘pendurou’ suas luvas pelo cinturão dos galos (até 61,2kg.) do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Com a vitória sobre Munhoz no card preliminar, Dominick emplacou seu segundo triunfo seguido na organização. Em sua carreira, agora, ele conta com um cartel de 24 resultados positivos e três negativos.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico