Joe Rogan critica atuação de Amanda Nunes em derrota para Julianna Peña no UFC 269: ‘Imperdoável’

Comentarista do UFC afirmou que a ‘Leoa’ não soube lidar com a pressão e parecia estar em uma luta regional

A. Nunes foi destronada por J. Peña no UFC 269. Foto: Reprodução/Instagram

A atuação de Amanda Nunes em derrota sobre Julianna Peña no UFC 269 do último sábado (11) segue repercutindo no cenário da comunidade do MMA. Depois de ser surpreendida e finalizada no segundo round, a brasileira teve sua performance criticada pelo comentarista do UFC, Joe Rogan, que considera ‘imperdoável’ sua apresentação no embate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quando Julianna estava pressionando, você poderia dizer que ela (Amanda Nunes) estava muito cansada. Para você ser campeã mundial em duas categorias e universalmente reconhecida como a maior lutadora feminina de todos os tempos – o que Amanda Nunes é – é imperdoável estar tão cansada no segundo round. Apenas parada na frente dela, balançando. Mas ela não conseguiu fazer nenhum movimento de um lado para o outro. Parecia que eu estava acompanhando uma luta regional”, afirmou Rogan em seu podcast com participação do lutador Marlon Vera.

Favorita para defender pela sexta vez seu título nos galos (até 61,2kg.), Amanda Nunes conseguiu ser superior no início do confronto, mas viu Julianna Peña crescer e surpreendê-la em pé.

PUBLICIDADE:

A ‘Leoa’, depois de ser surpreendida na trocação, acabou sucumbindo no chão depois da venezuelana encaixar um mata-leão, no segundo round. As duas lutadoras, inclusive, já abriram as portas para uma revanche em futuro próximo

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC