De volta após primeira derrota no UFC, Raoni Barcelos cita aprendizado e revela plano para luta por cinturão

Promessa dos galos, brasileiro encara Victor Henry neste sábado, mira desfecho rápido e vislumbra título em 2023

R. Barcelos é promessa brasileira nos galos do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Cerca de seis meses depois de sofrer sua primeira derrota com as luvas do Ultimate, Raoni Barcelos está de volta. Destaque brasileiro no UFC Las Vegas 45, o atleta enfrenta o estreante Victor Henry, e, no que depender do carioca, o rival não terá muito tempo para desfrutar o momento. Em entrevista ao ‘Combate’, o tupiniquim prevê confronto rápido e traça plano ousado de disputa de cinturão nos galos (até 61,2kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Vou impor meu ritmo o tempo todo para sair com a vitória. (…) Eu não vou deixar nas mãos dos jurados, vou terminar antes. Vou vencer por nocaute, se possível, no primeiro round”, garantiu o brasileiro.

Batido por Timur Valiev, por pontos, em junho de 2021, Raoni falou sobre o momento. O atleta, que somava cinco vitórias consecutivas com as luvas do Ultimate, amargou, pela primeira vez, o sabor da derrota na empresa.

PUBLICIDADE:

“Foi muito ruim naquele momento, o sentimento da derrota. Eu não quero passar de novo por aquilo, mas foi necessário. Revi coisas que precisavam ser melhoradas no meu treino. Vai ser um Raoni diferente, com a cabeça diferente. Um dos aprendizados foi que eu poderia ter dado muito mais. Travei no terceiro round e não vou deixar acontecer de novo”, disse.

Promessa brasileira na divisão liderada por Aljamain Sterling (campeão linear) e Petr Yan (campeão interino), Barcelos tem um plano ousado para seu futuro na empresa. Segundo o brasileiro, em 2023, ele espera estar no topo do grupo.

PUBLICIDADE:

“Eu preciso da vitória para voltar ao jogo. Tem muita coisa para acontecer em 2022. Começando a lutar no início do ano, contra um cara ranqueado, seria ótimo para mim. Em 2023, vou pedir top 5 e a disputa de título para buscar o cinturão”, encerrou.

PUBLICIDADE:

Neste fim de semana, Raoni subirá ao octógono para seu 19º desafio nas artes marciais mistas. Hoje, o combatente de 34 anos soma 16 triunfos e dois reveses.

Para sua estreia no Ultimate, Victor Henry atingirá a marca de 27 embates no MMA. O combatente, também de 34, tem 21 vitórias e cinco derrotas.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico