Amiga de Julianna Peña, Miesha Tate indica possível mudança de categoria para não ter que enfrentar a campeã dos galos

Parceira da atual campeã dos galos, a 'Cupcake' afirmou que pode até mudar para a divisão dos moscas, evitando assim um confronto com a 'Megera Venezuelana'

M. Tate em coletiva pós-UFC. Foto: Reprodução/YouTube

Após Julianna Peña destrona Amanda Nunes no UFC 269 do último sábado (11), a ex-campeã dos galos (até 61,2kg) Miesha Tate deu indícios de que pode mudar de categoria em um futuro próximo. Amiga da nova líder da divisão, a ‘Cupcake‘ admitiu que não gostaria de enfrentar a ‘Megera Venezuelana’ e sinalizou que pode migrar para o peso mosca (até 56,7kg).

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Relembre grandes eventos que encerraram a temporada do UFC nos últimos anos

Veja Também

“Isso definitivamente muda toda o cenário da divisão dos pesos galos. Eu acho que o próximo passo será Amanda e Julianna novamente. Todos os sinais apontam que essa será a próxima luta e acho que Julie ganha novamente, especialmente porque Amanda já foi quebrada por ela uma vez. Eu acredito que Peña pode definitivamente fazer isso de novo, provavelmente com mais facilidade na segunda vez. Eu preciso entrar na coluna das vitórias novamente, então eu provavelmente vou lutar em março, é o que eu estou olhando. Não quero lutar com Julie porque torci por tanto tempo para ela chegar lá”, disse Tate.

PUBLICIDADE:

Mesmo consciente de que a sua fase não é das melhores, a ‘Cupcake’ acredita que pode chegar a uma nova disputa de cinturão, porém, revelou que não gostaria de ter que enfrentar Julianna Peña.

“Se Juliana ainda for a campeã quando eu chegar lá, então acho que é uma conversa que teremmos que ter no momento. Eu provavelmente terei que conseguir duas vitórias até chegar em uma luta pelo título, então eu tenho que concentrar em mim. Eu vou continuar a torcer por Julie e rezar para que nós nunca tenhamos que lutar uma contra a outro”, afirmou Miesha.

Julianna Peña e Miesha Tate se conheceram durante as gravações da temporada 17 do reality show ‘The Ultimate Fighter’ que ocorreu em 2013. Na ocasião, a ‘Cupcake’ era uma das treinadoras, ao lado de Ronda Rousey e escolheu a ‘Megera Venezuelana’ como primeira opção para a sua equipe. A atual campeã dos galos não decepcionou e conquistou o título do programa ao nocautear Jessica Rakoczy na grande decisão.

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC