Tyron Woodley afasta chance de aposentadoria após mais uma derrota para Jake Paul

Bastante criticado após ser nocauteado pelo famoso youtuber, o 'Escolhido' enalteceu o seu adversário e garantiu que não irá pendurar as luvas agora...

T. Woodley não pretende pendurar as luvas agora. Foto: Reprodução/Instagram

Após ser derrotado novamente por Jake Paul, dessa vez por nocaute, o ex-campeão do UFC Tyron Woodley afastou os rumores sobre uma possível aposentadoria. Na coletiva de imprensa pós-luta, o ‘Escolhido’ elogiou o influenciador digital, mas, ressaltou que não irá pendurar as luvas no momento.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“A rivalidade era competitiva. Você quer isto. Estou cansado de ver todos falando m*** durante as coletivas de imprensa, mas se abraçando no final da luta. Não, vamos lutar. Isso é o que vim fazer. Eu nunca o desrespeitei e ele nunca me desrespeitou. Ele me deu crédito e eu dei crédito a ele. Ele realmente estava convencido de que iria me bater e eu estava realmente convencido de que iria bater nele. É isso que todos queriam ver. Nós realmente demos ao público o que eles queriam ver. Não estou acabado. Por favor, não me olhem com olhos tristes. Por favor, não olhe para mim balançando a cabeça”, afirmou Woodley.

Em sua segunda luta no boxe profissional, ambas contra Jake Paul, Tyron sofreu sua segunda derrota consecutiva. Ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg) do UFC, Woodley foi derrotado em seus últimos cinco confrontos, incluindo três pelo Ultimate e dois pela nobre arte. Seu cartel nas artes marciais mistas é de 19 triunfos, sete reveses e um empate.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico