Único peso pesado ao falhar no desafio com a balança, lutador explica o que deu errado para o UFC Vegas 45

Pivô negativo nas aferições do Ultimate na última sexta-feira, Justin Tafa abre o jogo sobre o que aconteceu nos bastidores da desidratação

J. Tafa em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

A um dia da realização do UFC Las Vegas 45, Justin Tafa fez história na empresa, mas de forma negativa. Na pesagem oficial, realizado na sexta-feira (17), o australiano chocou ao se tornar o primeiro lutador dos pesados a falhar no compromisso com a balança. Com 120,7kg., o combatente não chegou ao limite estabelecido e foi multado. Na coletiva após o evento, o atleta, que venceu no evento, explicou o ocorrido.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Para mim, normalmente recebo as mesmas bolsas, então, as coisas funcionam. Nesta semana, eu retive água, como faço sempre, mas não perdi nenhum peso. Normalmente, perco de 1,8kg. a 2,2kg. Eu sabia que seria não seria fácil. Fiquei na sauna por 11, 12 horas e, até a hora que perdi as últimas gramas, pensei: ‘se eu cortar mais, não vou poder lutar’. O objetivo era fazer história e essa não era a maneira que eu gostaria”, afirmou o peso pesado.

A falha incomum dentro do Ultimate aconteceu diante de profissionais, que, segundo Tafa, acompanharam de perto seu ‘sofrimento’. O lutador, então, garantiu ter chegado perto das últimas consequências para tentar cumprir com sua obrigação.

PUBLICIDADE:

“Eu não aguentava mais. Todos estavam lá. Os profissionais do ‘Instituto de Performance (PI) viram o quanto eu trabalhei duro e não estava conseguindo. Não foi profissional da minha parte e não acontecerá de novo. Peço desculpas a todos os envolvidos, mas Harry (Hunsucker, rival de Justin no UFC Vegas) ganhou a bolsa (porcentagem pela falha do australiano). Algumas gramas de desvantagem no peso pesado não é o mesmo que seria no peso pena (até 65,7kg.). Somos pesos pesados, no fim das contas, e ele (Harry) ganhou 30%, e irá para casa com um machucado na cabeça e, eu, com o braço erguido”, encerrou.

No confronto contra Hunsucker, realizado no card preliminar do UFC Vegas 45, Tafa protagonizou um nocaute plástico. O atleta apagou o adversário com uma combinação fatal de golpes, que levaram Harry à lona logo no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano