Em último evento do RIZIN no ano, brasileiro Roberto Satoshi finaliza e mantém cinturão dos leves

Atleta aplica uma chave de braço para derrotar japonês Yusuke Yachi no segundo round do duelo

R. Satoshi manteve cinturão dos leves. Foto: Reprodução/Instagram @rizin_pr

Realizado no último dia do ano (31), no Japão, a edição de nº 33 do Rizin Fighting Federation consolidou Roberto Satoshi como campeão dos leves (70,3kg.) em meio a cerca de 30 mil pessoas no ‘Saitama Super Arena’, no duelo contra Yusuke Yachi. Na segunda luta mais importante da noite, o brasileiro finalizou com uma chave de braço pela primeira vez no segundo round.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Multicampeão no jiu-jitsu, Satoshi apostou no seu ‘carro-chefe’ para dominar Yachi nos primeiros minutos do combate. E, para abrir caminho no combate, o brasileiro desferiu cotoveladas e socos que machucaram o japonês. Da mesma forma, ele seguiu trabalhando até conseguir a oportunidade de aplicar uma chave de braço.

Após a luta, em entrevista de imprensa pós-evento, Roberto voltou a sugerir que está disposto a competir no Bellator. O brasileiro afirmou que, agora, deseja ser campeão de duas organizações distintas.

PUBLICIDADE:

Roberto Satoshi migrou às artes marciais mistas em 2013 e, atualmente, conta com um cartel de 13 vitórias – sendo nove finalizações – e apenas uma derrota.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico