Charles do Bronx abre as portas para duelos contra Alexander Volkanovski e Kamaru Usman por novos cinturões

O brasileiro, campeão dos leves, vê com bons olhos a disputa de novos cinturões na organização, principalmente o dos penas

C. do Bronx abre portas para enfrentar A. Volkanovski ou K. Usman (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

Em 2016, Conor McGregor, então campeão dos penas (até 65,7 kg), entrou para história ao conquistar o cinturão dos leves (até 70,3 kg) e se tornar o primeiro detentor de dois cinturões simultâneos na história do UFC. De lá para cá, outros lutadores, como Henry Cejudo e Amanda Nunes conseguiram repetir o feito do irlandês. O próximo a tentar entrar na seleta lista pode ser Charles do Bronx.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação no “Trocação Franca”, podcast em língua portuguesa do site norte-americano “MMAFighting”, o atual campeão dos leves concordou com seu treinador Dhiego Lima em relação à viabilidade de lutar por novos cinturões, seja contra Kamaru Usman, nos meio-médios (até 77 kg), ou, de preferência, contra Alexander Volkanovski, nos penas.

“Eu realmente achava que não conseguia mais bater 66 (kg), mas nesse último corte eu cheguei muito perto dos 70 kg antes da luta com esse trabalho que eu venho fazendo, com um monte de água no corpo, e nós achamos que eu poderia facilmente bater 66. Se eu tivesse a oportunidade de lutar direto pelo cinturão dos penas, eu desceria para lutar. Também, se eu tiver a oportunidade de lutar direto pelo cinturão dos 77 kg, eu também subiria para lutar, mas acredito que seja mais viável descer para os penas em vez de subir para os meio-médios nesse momento”, afirmou o campeão.

PUBLICIDADE:

Tanto Kamaru Usman quanto Alexander Volkanovski encontram-se invictos no Ultimate. O nigeriano, líder do ranking peso por peso, venceu suas 15 primeiras lutas na organização, sendo as últimas cinco já como campeão. Já o australiano tem dez vitórias no octógono, incluindo duas defesas de título.

“Me tornar campeão de duas divisões, um cara brasileiro, seria incrível”, disse Charles.

PUBLICIDADE:

Apesar do desejo de se tornar campeão simultâneo de duas divisões, o próximo passo de Charles do Bronx no UFC deve acontecer dentro da divisão dos leves. O brasileiro aguarda a definição de seu próximo desafiante, sendo os nomes mais cotados Justin Gaethje e Conor McGregor.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano