Jéssica Delboni bate Alesha Zappitella e conquista cinturão peso átomo do Invicta FC

Lutadora brasileira se vingou da polêmica derrota sofrida em maio de 2021 e conquistou o título na decisão unânime dos juízes

J. Delboni conquistou o cinturão peso átomo do Invicta FC (Foto: Invicta FC)

Na noite da última quarta-feira, o Invicta FC, maior organização exclusiva de MMA feminino do mundo, realizou sua 45ª edição, em Kansas City, nos Estados Unidos. Na luta principal do evento, a brasileira Jéssica Delboni dominou a então campeã Alesha Zappitella, venceu na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45 e 49-46) e conquistou o cinturão peso átomo (até 47,6 kg) da organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Esta foi a segunda vez que Jéssica Delboni e Alesha Zappitella se enfrentaram. Na primeira ocasião, em maio de 2021, a norte-americana levou a melhor em uma decisão bastante contestada. Menos de um mês após a derrota, a brasileira conquistou o título de um torneio com três lutas na mesma noite e garantiu o direito à revanche.

No reencontro, Jéssica Delboni não deixou margem para dúvidas. Superior em pé e no chão, a brasileira chegou perto de definir a luta ainda no segundo assalto, mas Zappitella resistiu à pressão. A norte-americana abusou das tentativas de queda, mas foi frustrada por Jéssica, que demonstrou ótima defesa.

PUBLICIDADE:

“Estou muito feliz. Eu falei que o meu jiu-jitsu era melhor, que minha trocação era melhor. Melhorei em todas áreas e agora sei que sou a campeã. Consegui escutar muito bem meu córner, meu mestre me ensinou muito. Não queria deixar a luta nas mãos dos juízes e tentei o nocaute em todos os rounds, usei meu jiu-jítsu também. Sou a campeã agora”, declarou Jéssica após a luta.

Atualmente, Jéssica Delboni é a única brasileira dona de um cinturão do Invicta FC. No passado, a organização já teve como campeãs Cris Cyborg, Jennifer Maia, Vanessa Porto, Livinha Souza, Virna Jandiroba e Hérica Tibúrcio.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico