Francis Ngannou demonstra otimismo sobre realização de superluta contra Tyson Fury

Camaronês projeta combate contra pugilista e sugere apoio do Ultimate para eventual disputa

F. Ngannou é campeão linear dos pesados do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Em meio às constantes provocações e negociações, o campeão dos pesados do UFC (120,2kg.) Francis Ngannou parece acreditar que a possível superluta contra o pugilista Tyson Fury vai sair do papel no futuro. Apesar de estar focado no duelo contra Ciryl Gane no UFC 270 do dia 22 de janeiro, o camaronês se mostra, mais uma vez, interessado em uma experiência no boxe.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Sim, eu acredito que essa luta vai acontecer. Acho que Tyson Fury quer que o combate saia do papel também. Então, eventualmente, isso acontecerá em algum momento. Eu não posso dizer especificamente quando, mas com certeza vai acontecer, já que nós dois estamos dispostos a nos enfrentarmos”, revelou Ngannou em entrevista ao ‘DAZN’.

Com base no boxe, Francis sempre declarou seu interesse em se testar na ‘nobre arte’, embora o presidente do Ultimate, Dana White, tenha se mostrado relutante sobre ceder seus atletas para outras competições. O camaronês, no entanto, compara a situação com a luta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather, que aconteceu em 2017 e quer o apoio da franquia em eventual duelo.

PUBLICIDADE:

“Não é como ir livremente ter uma luta de boxe, mas gostaria de algo como Conor (McGregor) e (Floyd) Mayweather fizeram. Acho que seria uma luta maior com o apoio do UFC. Qualquer coisa que você faça com o UFC por trás, será enorme”, concluiu.

Ngannou tem compromisso marcado para 22 de janeiro. No UFC 270, o franco-camaronês dividirá o octógono com o ex-parceiro de treinos Ciryl Gane, em duelo válido pela unificação do título dos pesados (até 120,2kg.). Em sua carreira, atualmente, são 16 resultados positivos e três negativos.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano