Dana White explica ‘caminho’ para que Henry Cejudo possa deixar aposentadoria e voltar ao UFC

Mandatário da organização diz que 'Triplo C' precisa parar de provocar outros lutadores nas redes sociais e buscar por alternativas para retornar ao octógono

H. Cejudo (dir.) agradece a D. White (esq.) após anunciar aposentadoria, ainda no octógono. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Ex-duplo campeão, Henry Cejudo já sabe o que precisa fazer para voltar a ter uma chance de acrescentar novos capítulos ao seu legado no UFC. Em meio a rixas públicas, o presidente da organização, Dana White, falou sobre o possível retorno e ressaltou que o ‘Triplo C’ precisa buscar outra alternativa para justificar o interesse no combate contra Alexander Volkanovski pelo cinturão dos penas (até 65,7kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“A questão é que Cejudo está aposentado. Se realmente quer fazer uma luta contra Volkanovski, você não tem que ficar tentando provocar nas redes sociais, mas pegar o telefone e entender o que precisa fazer para voltar – para entender o processo da divisão, da USADA – e é assim que você começa a preparar o retorno. O empresário dele (Ali Abdelaziz) tem 280 mil lutadores contratados no UFC, o Cejudo está aqui desde sempre. Se você realmente quer lutar, faça algumas ligações e entenda ao invés de xingar as pessoas no ‘Twitter’ e esperar que vamos ligar por uma luta”, afirmou Dana em entrevista ao ‘Yahoo Sports’.

Considerado um dos maiores lutadores dos últimos anos do Ultimate, Cejudo se aposentou com apenas 33 anos em maio de 2020. Ex-campeão dos galos (até 61,2kg) e dos penas (até 65,7kg), Henry pendurou as luvas com um cartel de 16 triunfos e dois reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica