Ultimate inaugura novo protocolo e dispensa quarentena e testes para lutadores vacinados contra Covid-19

Porém, a organização manteve a exigência de quarentena e testes PCR para os indivíduos que não estiverem com esquema de vacinação completo

Octógono do Ultimate montado no UFC Apex Foto: Twitter/UFC

Às vésperas do UFC 270, que acontece em Anaheim, Califórnia (EUA), o Ultimate atualizou os seus protocolos de saúde e segurança relacionados à Covid-19. A organização enviou um comunicado aos lutadores e equipe comunicando que os indíviduos que estiverem com esquema de vacinação completo, não precisarão passar por testes ou quarentena durante a semana do evento, com exceção de um teste PCR ou antígeno feito antes da viagem. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Junkie’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Quem não tiver se vacinado ou com esquema vacinal incompleto (apenas uma dose), os testes serão obrigatórios. O indivíduo passará por dois exames: um na chegada ao hotel e outro na quinta-feira da semana da luta. A quarentena será necessária até que o primeiro resultado dê negativo. Independente do esquema de vacinação, o uso de máscaras segue sendo indispensável à todos.

O UFC 270 acontecerá no próximo sábado (22) e marcará a unificação do cinturão dos pesos pesados (até 120,2kg). O campeão linear Francis Ngannou irá medir forças contra o dono do título interino e ex-parceiro de treinos Ciryl Gane. Na luta co-principal, teremos a aguarda trilogia válida pelo reinado dos moscas (até 56,7kg) entre Brandon Moreno e Deiveson Figueiredo.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica