Sonnen confirma uso de TRT para luta contra Shogun

Falastrão ainda justificou seu episódio de doping, em 2010, quando já fazia uso da reposição hormonal

C.Sonnen (foto) é um dos principais atletas a fazer uso do TRT. Foto: Josh Hedges/UFC

C.Sonnen (foto) é um dos principais atletas a fazer uso do TRT. Foto: Josh Hedges/UFC

O norte-americano Chael Sonnen confirmou o uso do polêmico Tratamento de Reposição de Testosterona para a luta contra Maurício Shogun, em Boston, no dia 17 de agosto. O próprio lutador certificou a informação ao site “Boston.com”.

“Isso (uso do TRT) foi aceito. Eles tiveram uma reunião. Mas eu nunca quebrei uma regra em qualquer lugar”, disse Sonnen. O atleta, que sofre de hipogonadismo (doença que compromete a produção hormonal), é um dos principais nomes a fazer uso do tratamento, juntamente com Dan Henderson e Vitor Belfort.

O uso do TRT divide opiniões no mundo do MMA. Apesar disso, como em diversos lugares o tratamento é legalizado dentro de padrões preestabelecidos, o presidente do UFC Dana White já deu declarações isentando os atletas que fazem uso da reposição hormonal – mesmo tendo dito “não ser fã” do recurso.

Sonnen, que foi pego no antidoping por altos níveis de testosterona após sua primeira luta contra Anderson Silva em 2010, explicou que fazia uso do TRT na época. “Tudo o que disseram é o que eles já sabiam que eu estava usando TRT. Eles não entendiam o próprio teste. Eles falavam: ‘Não, seus níveis são muito altos, você é 17 para 1’. Mas eu poderia estar 1.700 para 1 e ainda estaria dentro do limite legal. Eles não entendem o próprio teste”, justificou o atleta.

O falastrão ainda apontou, o que considera, outros problemas no episódio. “Então, eles me deram seis meses (de suspensão) em vez de um ano. O juiz daquela noite está na prisão, e o diretor executivo voltou para casa em Washington e foi demitido. Mas esses são os caras com quem estou trabalhando. Isso é o que você ganha quando lida com o governo”, finalizou.

Chael Sonnen enfrente Maurício Shogun no dia 17 de agosto, em Boston (EUA). O confronto, válido pela categoria meio-pesado, marca a luta principal da primeira edição do UFC on FOX Sports 1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments