AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Conhecido por seu ‘instinto assassino’, Sean Strickland classifica seu desejo como ‘normal’

Após declara que tinha o desejo de 'matar alguém em uma luta', o norte-americano cravou que todos possuem o mesmo desejo que ele

S. Strickland (esq.) derrotou U. Hall no UFC Las Vegas 33. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque da divisão dos médios (até 83,9kg), Sean Strickland também é conhecido por suas declarações polêmicas fora do octógono. Após dizer recentemente que sente vontade de ‘matar alguém em uma luta’, o norte-americano classificou o seu desejo como ‘normal’. O depoimento foi dado no ‘media day’ do UFC Vegas 47, que acontece no próximo sábado (05).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Você sabe, cara. Se eu matar alguém assim, iria odiar usar uma arma. Sinceramente, quão impessoal é atirar em alguém assim, isso nem é real. Tipo, idealmente, quando fantasio sobre matar alguém, não penso em um filme. Vejo que vocês nunca quiseram matar uma pessoa na vida. Não mintam para mim, seus mentirosos. Todos os seres humanos desse maldito planeta já pensaram em algum chefe ou em alguém que f*** a namorada, como se quisesse matar esse filho da p***. É tudo normal. Vocês não são melhores do que eu. Todos nós pensamos isso, se cada um de nós gostaria de matar alguém. Se algum dia eu tiver a oportunidade de fazer isso, gostaria que fosse muito pessoal. Gostaria de fazer com as minhas mãos”, disse Strickland.

Número sete do ranking dos médios, o ‘Tarzan’ vem embalado por cinco vitórias consecutivas com as luvas do Ultimate. Sua última derrota foi para o brasileiro Elizeu Capoeira, em maio de 2018, quando sofreu um nocaute ainda no primeiro round. O norte-americano possui um cartel de 24 triunfos e três reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276