Treinador de Strickland se revolta e pede demissão de juiz após polêmica pontuação no UFC Vegas 47

Eric Nicksick alega que todos os sites especializados discordaram de Sal D’Amato por anotar vantagem de Jack Hermansson na luta principal da noite

S. Strickland (esq.) venceu J. Hermansson (dir.) na decisão dividida dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Eric Nicksick utilizou sua conta oficial no ‘Twitter’ para disparar criticar ao juiz Sal D’Amato, que foi responsável por julgar os combates no UFC Las Vegas 47, realizado no último sábado (5). O treinador de Sean Strickland pediu demissão do jurado por ter marcado vantagem de Jack Hermansson na luta principal da noite. A anotação, no entanto, não interferiu no resultado final e o norte-americano foi declarado vencedor por decisão dividida.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Nem mesmo um membro da mídia pontuou a luta para Jack. Eu sei que nós ganhamos, mas se esse cara ainda estiver julgando, ele vai continuar tomando decisões erradas e, depois, custar aos lutadores suas carreiras e sustento. #demitamSal”, escreveu Eric Nicksick.

Sétimo colocado no ranking dos médios (até 83,9kg.), Sean Strickland conseguiu sua sexta vitória seguida na organização, incluindo triunfos sobre Brendan Allen – que também venceu no UFC Vegas 47 – e Uriah Hall.

PUBLICIDADE:

Sua última derrota aconteceu em maio de 2018, quando acabou nocauteado por Elizeu Capoira. Profissional desde 2018, o norte-americano tem um cartel de 25 resultados positivos e três negativos em sua trajetória na modalidade.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano