Após ‘guerra virtual’ com Nate Diaz, Poirier freia confronto e indica que pode se aposentar do MMA

Ex-campeão interino dos leves no UFC põe carreira em xeque ao tratar sobre futuro no MMA

D. Poirier foi derrotado por C. do Bronx no UFC 269 (Foto: Reprodução/Youtube)

Depois de acender uma rivalidade com Nate Diaz e apalavrar confronto dentro do UFC, Dustin Poirier parece ter desistido da ideia, pelo menos momentaneamente. Sem lutar desde a derrota para Charles do Bronx, em confronto válido pelo cinturão linear dos leves (até 70,3kg.), o atleta freou o interesse de encarar o ‘bad boy’ e colocou a carreira em xeque. A indecisão quanto ao futuro foi exposta em resposta a internautas no Twitter.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não sei o que virá na sequência”, respondeu Dustin, quando questionado sobre o próximo passo.

Não demorou muito para que um internauta perguntasse sobre uma possível aposentadoria. Poirier não descartou.

PUBLICIDADE:

“Vamos ver…”, limitou-se a responder.

O tom de indecisão não parou por aí. Ex-campeão interino dos leves, o ‘Diamante’ também comentou brevemente sobre o desejo de enfrentar Diaz.

PUBLICIDADE:

“Por que Diaz está correndo (de eventual combate)”, perguntou um seguidor. Dustin, então, brincou sobre a situação: “ele (Nate) é um triatleta”, escreveu, fazendo referência a uma das modalidades esportivas praticadas pelo ‘bad boy’.

PUBLICIDADE:

Também houve quem sugerisse um quarto confronto com Conor McGregor, derrotado duas vezes por Poirier em 2021, dentro do Ultimate.

“Acho que não (vai acontecer, no MMA)”, encerrou.

Destaque dos leves por anos, Poirier viveu bons e maus momentos na última temporada. Depois de passar por McGregor em dois compromissos, o combatente teve os planos de assumir o trono absoluto do grupo frustrado pela segunda vez, quando acabou superado por Do Bronx.

A derrota para o brasileiro afastou momentaneamente o veterano do sonho de se aproximar do título. Até o momento, não há definição sobre o futuro do atleta no UFC.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano