Israel Adesanya acredita que fãs estão superestimando vitórias recentes de Robert Whittaker

Nigeriano e australiano se enfrentam pelo cinturão do peso médio na luta principal do UFC 271, neste sábado (12)

I. Adesanya (esq.) e R. Whittaker (dir.) se enfrentam no UFC 271. Foto: Reprodução/YouTube

No próximo sábado (12), na luta principal do UFC 271, Israel Adesanya defende o cinturão dos pesos médios (até 83,9 kg) em revanche contra Robert Whittaker. Após ter sido derrotado por nocaute técnico no primeiro encontro, Whittaker traçou seu caminho para uma nova disputa de cinturão vencendo de maneira convincente três oponentes ranqueados. As performances do australiano, no entanto, não pareceram impressionar o atual campeão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Falando sobre a luta em seu canal oficial no Youtube, Israel Adesanya disse acreditar que os fãs estão superestimando as atuações recentes de Robert Whittaker, que superou Darren Till, Jared Cannonier e Kelvin Gastelum.

“Sim, (estão superestimando) demais. Ao ponto em que comecei a questionar se ele inventou um golpe novo ou algo do tipo. Ele reinventou o jab ou algo assim? Ele evoluiu, sim, mas não ao ponto em que as pessoas estão falando. A proporção. Acho que talvez as pessoas tenham padrões baixos. Eu tenho padrões altos. Ele jogou o jogo muito bem contra três oponentes. Ao mesmo tempo, se você colocar esses três caras juntos, eles não chegam aos meus pés. O jeito que eles jogam o jogo não é a mesma coisa. Então, como eu disse: não fiquei impressionado com sua performance”, disse Adesanya imitando a famosa frase dita por Georges St-Pierre para Matt Hughes.

PUBLICIDADE:

Enquanto Robert Whittaker venceu três oponentes desde o duelo realizado no UFC 243, em 2019, Israel Adesanya defendeu o título dos médios também em três oportunidades: contra Yoel Romero, Paulo Borrachinha e Marvin Vettori. O nigeriano ainda lutou pelo cinturão dos meio-pesados (até 93 kg), mas acabou derrotado por Jan Blachowicz na ocasião.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276