Amanda Nunes acaba com mistério e justifica saída da ‘American Top Team’ para criar nova equipe

'Leoa' revela desejo de ter uma liberdade para 'mudar as coisas' em seu estilo e prepara futuro como treinadora

A. Nunes é considerada por muitos como a melhor lutadora de todos os tempos. Foto: Reprodução/Instagram

Considerada uma das maiores lutadoras da história do MMA, Amanda Nunes surpreendeu a comunidade dos esportes de combate ao anunciar que estava de saída da ‘American Top Team’ – onde trilhou parte de seu sucesso – para fundar uma nova equipe. Em seguida, houve especulações sobre os reais motivos pela mudança e, agora, a ‘Leoa’ falou sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana, Amanda revelou que deseja priorizar um ‘novo espaço’ para que tenha uma liberdade ainda maior em seu jogo. Ela também revelou desejo de ser treinadora no futuro e, com sua nova academia, terá mais liberdade e espaço para desenvolver seus interesses.

“Depois de tudo, eu tenho um desejo de ser treinadora. Quando eu disse que gostaria de abrir uma academia, não era sobre essa academia ser pública. Quero um espaço privado e farei as coisas do meu jeito se precisar fazer algo novo. É o que eu quero fazer”, esclareceu Nunes.

PUBLICIDADE:

Líder absoluta dos galos até então e na sua sexta defesa de título, Amanda Nunes foi surpreendida pela desafiante e foi finalizada no segundo round com um mata-leão. Ainda campeã da divisão dos penas (até 56,7kg), a atleta tupiniquim possui um cartel no MMA de 21 triunfos e cinco reveses.

A revanche entre a ‘Leoa’ e a norte-americana com ascendência venezuelana deve acontecer após a 30ª edição do ‘The Ultimate Fighter’, que começa a ser gravada em fevereiro. As duas atletas, inclusive, serão as treinadoras da nova temporada.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano