VÍDEO: Em luta intergênero na Rússia, lutadora é desafiada por idoso de 75 anos e seu neto

Em combate inusitado, Yulia Mishko foi superior a Vladimir Spartak e Big Igibob, mas luta é decretada como um empate

Em luta intergênero na Rússia, lutadora (centro) supera idoso de 75 anos (esq.) e seu neto (dir.). Foto: Reprodução/Twitter

Uma luta intergênero mais do que inusitada marcou o Epic Fighting Championship – que é conhecido por promover combates bizarros no MMA -, realizado no último fim de semana, na Rússia. A lutadora Yulia Mishko entrou no octógono para enfrentar Vladimir Spartak, de 75 anos, e seu neto ‘Big Igibob’, de 18 anos.

PUBLICIDADE:

E, durante o confronto, não houve uma competição. Mishko conseguiu impor seu ritmo de jogo e aplicou golpes que derrubaram Spartak. Seu neto, no entanto, decidiu por não entrar no raio de ação da lutadora e optou na fuga do duelo. Yulia, inclusive, dominou com facilidade os três rounds.

Ainda assim, os juízes que analisaram o combate decretaram o resultado como um empate. Porém, nas redes sociais, a luta intergênero sofreu críticas em relação ao duelo e diferença notória de idade dos competidores.

PUBLICIDADE:

VÍDEO: Em luta intergênero na Rússia, lutadora supera idoso de 75 anos e seu neto

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano