Hendo poderá pedir autorização para TRT na luta contra Belfort

Meio-pesado norte-americano terá que enviar à CABMMA todos os exames comprovando o hipogonadismo

D. Henderson (foto) poderá solicitar autorização para TRT para o combate contra Belfort. Foto: Reprodução/YouTube

D. Henderson (foto) poderá solicitar autorização para TRT para o combate contra Belfort. Foto: Reprodução/YouTube

Vitor Belfort poderá não ser o único a subir no octógono em Goiânia sob tratamento de reposição de testosterona, conhecido pela sigla TRT. O veterano Dan Henderson, que também sofre de hipogonadismo e precisa do tratamento, terá direito a solicitar autorização para o TRT.

A informação foi dada por Marcio Tannure, diretor médico da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA). Ele falou para o site norte-americano MMA Fighting que Henderson terá que enviar toda a documentação necessária para comprovar a doença e a necessidade do tratamento, a fim de que seja emitido um parecer liberando ou não o TRT.

“Eu não fui oficialmente informado sobre esta luta, mas se Henderson quiser pedir liberação para TRT no Brasil, ele terá que nos enviar todos os exames para que possamos analisar”, disse o Dr. Tannure. “Eu sei que ele tem autorização para o uso nos Estados Unidos, mas esta é uma comissão diferente, então nós precisamos ver todos os exames”, completou.

Belfort e Hendo serão testados uma vez por mês para garantir que seus níveis de testosterona estão normais. “Com Vitor, nós fizemos exames de sangue todos os meses para garantir que seus níveis estejam ok. Então nós o testamos antes e depois das lutas (contra Michael Bisping e Luke Rockhold)”, disse o médico. “(Henderson) será testado pelo menos três vezes antes da luta e depois o testaremos após o combate”, finalizou Tannure.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments