Werdum explica por que decidiu retomar carreira no MMA e revela plano ousado para lutas ainda em 2022

Com exclusividade ao SUPER LUTAS, lenda brasileira afirma que pretende se apresentar pela PFL nos próximos meses

Dias após indicar que não se apresentaria mais como profissional no MMA, Fabrício Werdum mudou de ideia. Lenda brasileira no esporte, ‘Vai Cavalo’ falou com exclusividade ao SUPER LUTAS sobre o plano de retomar a carreira. O veterano desabafou sobre o que motivou seu retorno e admitiu negociar um compromisso com a PFL ainda em 2022.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Depois de um ano parado, repensei. Estou a fim de lutar de novo. É o que sei fazer muito bem. (…) Eu estava de saco cheio de 24 anos lutando. (…) Queria dar um tempo, e foi o tempo suficiente. (…) Se os caras querem pagar milhões, por que não? Não só por isso. Queria mostrar mais alguma coisa. Vou conseguir mostrar para todo mundo que sou um lutador de nascença”, admitiu o ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) do UFC.

Sob contrato com a PFL, Fabrício revelou que sua ideia é cumprir compromissos dentro da organização. O atleta, então, falou sobre os planos de ser inserido na temporada 2022 da organização.

PUBLICIDADE:

“Minha última luta na PFL, da carreira, ficou meio estranha, porque foi um ‘no contest’ (contra Renan Problema, em 2021). Não gostei, não fiquei à vontade. Vai ser importante voltar por vários motivos. Essa ‘bolada’ de ganhar um dinheiro tão bom também, faz muita diferença, pensando no futuro das minhas filhas, aumentando o patrimônio. (…) São 24 anos lutando. É o que eu gosto mesmo de fazer. (…) Acho que junho ou julho (quando pretende voltar). Se for uma superluta, estou aceitando. Se for pelo campeonato (torneio dos pesados), entraria também. Se acontecer de alguém se lesionar, não tenho essa vaidade, entraria sem problema nenhum. Já estou me preparando. Confirmando a luta, irei para os Estados Unidos o quanto antes. (…) Fico lá o quanto for necessário para treinar com o Mestre Rafael Cordeiro (na ‘Kings MMA’)”, encerrou.

Profissional nas artes marciais mistas desde 2002, Werdum acumula 35 lutas na modalidade. Ex-campeão dos pesados do UFC, o lutador de 44 anos soma 24 vitórias, nove derrotas, um empate e um ‘no contest’.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica