Avassalador, Bruno Cappelozza consegue nocaute no primeiro round em estreia na PFL 2022 #2

Atual campeão dos pesos pesados da organização, o brasileiro estreou com tudo na temporada de 2022 e conquistou seis pontos na classificação

B. Cappelozza nocauteou S. Austin na PFL 2022 #2 (Foto: Instagram/PFL)

Atual campeão peso pesado (até 120,2 kg) da PFL, Bruno Cappelozza mostrou que vem com tudo na briga pelo bicampeonato na temporada 2022. Na luta principal da PFL 2022 #2, na madrugada desta sexta-feira (29), o brasileiro “atropelou” o britânico Stuart Austin e conseguiu o nocaute ainda no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Veja Também

A vitória arrasadora garante a Bruno Cappelozza os seis pontos e a liderança da divisão, ao lado do compatriota Renan Problema e do russo Denis Goltsov, que também venceram seus desafios em menos de um round no evento. O atleta do Corinthians tem agora cinco lutas e cinco vitórias, sendo quatro delas por nocaute, no decágono da PFL.

Stuart Austin, por outro lado, segue sem vencer na organização. O brasileiro, que havia sido nocauteado por Renan Problema em sua estreia, em agosto de 2021, sofreu o segundo nocaute consecutivo no decágono.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Bruno Cappelozza começou a luta buscando o controle do centro do decágono e cercando Stuart Austin. Na primeira investida do brasileiro, o atleta britânico agarrou e buscou o clinch. De volta ao centro do cage, Austin arriscou um chute baixo, mas Bruno não se abalou e foi com tudo para cima do britânico. O brasileiro conectou boa combinação com os punhos e balançou o adversário. Restando pouco menos de dois minutos para o fim do primeiro round, Bruno Cappelozza conectou um excelente golpe de direita, que levou Stuart Austin à lona. O britânico sobreviveu, mas o brasileiro ficou por cima no solo, fez a transição para a montada e “martelou” o britânico até a interrupção do árbitro.

Vice-campeão em 2021, Chris Wade estreia na nova temporada com vitória sobre Lance Palmer

C. Wade superou L. Palmer na PFL 2022 #2 (Foto: Reprodução/Instagram)

Na luta co-principal da noite, disputada na divisão dos penas (até 65,7 kg), Chris Wade derrotou Lance Palmer na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28). Parecendo estar em uma rotação maior que a de seu oponente, Wade dominou a luta em todos os quesitos, inclusive conectando um número de golpes maior do que os lançados por Palmer.

PUBLICIDADE:

Vice-campeão do torneio em 2021, Chris Wade estreia com uma vitória convincente na nova temporada e soma três pontos na competição, se igualando a Brendan Loughnane, Sheymon Moraes, Alejandro Flores e Bubba Jenkins. O “Assassino de Long Island” tem quatro vitórias nas últimas cinco lutas.

Bicampeão dos penas em 2018 e 2019, Lance Palmer não vence desde a conquista de seu último título na organização. O ex-campeão soma agora três derrotas consecutivas no decágono.

PUBLICIDADE:

Após interrupção por choque de cabeça, Brendan Loughnane bate Ryoji Kudo na decisão técnica

B. Loughnane derrotou R. Kudo na PFL 2022 #2 (Foto: Reprodução/Instagram)

Válido pela divisão peso pena (até 65,7 kg), o duelo entre Ryoji Kudo e Brendan Loughnane foi movimentado, mas terminou de maneira anticlimática. Após um choque de cabeça acidental na metade do terceiro assalto abrir um corte feio na cabeça de Kudo, a luta foi interrompida e Loughnane saiu vitorioso na decisão técnica e unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28).

Após ser derrotado pelo atual campeão Movlid Khaybulaev na semifinal do torneio do ano passado, Brendan Loughnane soma três pontos em sua estreia na nova temporada, se igualando a Sheymon Moraes, Alejandro Flores e Bubba Jenkins. O britânico tem agora 22 vitórias e quatro derrotas na carreira.

Do outro lado, Ryoji Kudo perde em sua estreia na organização. O japonês fica com um cartel de dez vitórias, três derrotas e um empate na carreira.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276