Prospecto dos pesados, Tom Aspinall diz não ter pressa para disputar o cinturão do UFC

Número seis do ranking da categoria, o atleta inglês declarou que não pretende acelerar o seu processo rumo a uma disputa de título no Ultimate

T. Aspinall é um dos grandes destaques da divisão dos pesados (Foto: Reprodução/Instagram)

Um dos principais prospectos dos pesos pesados (até 120,2kg) na atualidade, Tom Aspinall não pretende acelerar o seu caminho rumo a uma possível disputa de cinturão. Em entrevista ao MMA Fighting, o lutador inglês mostrou consciência de que ainda precisa evoluir para chegar em um duelo pelo cinturão e cravou que não tem pressa para alcançar o seu objetivo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Nem estou interessado nisso agora (em uma disputa de cinturão). Nunca pensei que ia falar de título depois de cinco lutas no UFC, seis lutas no UFC. Sinto que tenho mais trabalho a fazer. Tenho muito mais trabalho a fazer, mais coisas a provar. Não quero ser uma dessas pessoas que chega aqui falando. Esse não sou eu”, disse Aspinall.

De confronto marcado contra o norte-americano Curtis Blaydes para o próximo UFC Londres, que acontece em julho, o inglês mostrou respeito pelo seu rival mas mostrou confiança em sair vitorioso.

PUBLICIDADE:

Curtis Blaydes é provavelmente a luta mais difícil da divisão para mim estilisticamente. Mas estou bem com isso porque me leva a um nível totalmente novo. Isso me leva a níveis que nunca estive antes, e é disso que preciso. Se estou com alguém que vai me deixar confortável, vou ficar exatamente onde estou e fazer exatamente o mesmo trabalho que tenho feito”, finalizou Tom.

Contratado em 2020 pelo UFC, Aspinall venceu todos os seus cinco confrontos na empresa até aqui, sem sequer chegar na decisão dos juízes. O número seis do ranking dos pesados possui um cartel de 12 triunfos e dois reveses como lutador profissional de MMA.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano