Evento de boxe com Anderson Silva é adiado, mas lutadores decidem competir em tributo ao presidente dos Emirados Árabes; entenda

Com data inicial no dia 14 de maio, Global Titans anunciou novo card para 15 de outubro; atletas, no entanto, se apresentam por outra organização neste sábado (21)

A. Silva (foto) luta com B. Caveira neste sábado (21). Foto: Reprodução/Instagram @trillerfight

Inicialmente previsto para acontecer no dia 14 de maio, o evento de boxe com Anderson Silva e Floyd Mayweather precisou ser adiado por falecimento de Khalifa bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes. Os lutadores, no entanto, optaram por prestar uma homenagem ao xeque em apresentações que acontecem neste sábado (21).

PUBLICIDADE:

Veja Também

O novo evento se manteve nos Emirados, mas foi transferido de Dubai para Abu Dhabi, capital do país, com o nome de ‘Abu Dhabi Unity’. Ex-campeão dos médios (até 83,9 kg) do UFC, Anderson Silva faz a luta co-principal do evento. O “Spider” encara o compatriota Bruno Caveira, campeão do UAE Warriors, maior evento de MMA do Oriente Médio.

A luta principal fica por conta da lenda da nobre arte Floyd Mayweather. O ex-campeão mundial volta aos ringues para enfrentar Don Moore, pugilista invicto que não se apresenta desde 2016.

PUBLICIDADE:

A homenagem, portanto, não envolve a Global Titans – que organiza o show no país. Inclusive, em comunicado oficial, a organizadora anunciou que o evento vai acontecer em nova data, para 15 de outubro, sem detalhes se Anderson Silva e Floyd Mayweather seguirão no card.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano