Weidman diz que teria de vencer Anderson Silva duas vezes: ‘Ele é o maior de todos os tempos’

Campeão dos médios revela que muitos ainda não o consideram o verdadeiro dono do cinturão

Antes da revanche, C. Weidman (foto) segue recebendo homenagens por sua conquista. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (foto)diz que já imaginava revanche. Foto: Josh Hedges/UFC

Chris Weidman conseguiu, em julho, o que muitos consideravam impossível: nocautear Anderson Silva. Porém, o norte-americano, que está escalado para fazer a revanche contra o Spider no UFC 168, revela que já imaginava ter que derrotar o brasileiro duas vezes para ser considerado como ‘real’ campeão dos médios.

“Ele é o melhor de todos os tempos. As pessoas não conseguem engolir o fato de que ele perdeu. Quando estava me preparando para aquela luta, eu sabia que nós teríamos uma revanche. Eu sabia que teria que provar que todos estavam errados novamente”, disse Weidman durante coletiva de imprensa da turnê de divulgação do UFC 168.

Com a responsabilidade de ter que derrotar Anderson duas vezes, Weidman acredita que mesmo com um novo triunfo ainda irão questionar seu reinado diante da categoria de médios.  “Mesmo depois dessa próxima luta, quando eu vencer, ainda vão existir muitas pessoas que duvidam por aí. Não importa o que aconteça, sempre vão inventar desculpas para justificar sua vitória. Isso é parte do esporte”, completou o campeão.

O combate entre Chris Weidman e Anderson Silva será a atração principal do UFC 168, evento que acontece dia 28 de dezembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments