Irritado, Deiveson Figueiredo critica UFC por disputa de título interino nos moscas: ‘Cinturão de plástico’

Campeão linear da divisão, o brasileiro não escondeu sua irritação com o casamento do duelo entre Brandon Moreno e Kai Kara-France, marcado para julho

D. Figueiredo em coletiva de imprensa após o UFC 270 (Foto: Reprodução/Youtube)

O campeão linear dos moscas (até 56,7kg) Deiveson Figueiredo não escondeu sua enorme irritação com o fato de o Ultimate ter encaminhado uma disputa de cinturão interino entre Brandon Moreno e Kai Kara-France. Em entrevista ao ‘Combate’, o lutador brasileiro fez críticas a organização, declarou que é um atleta que entrega duelos empolgantes e afirmou que o vencedor do confronto ganhará apenas um ‘cinturão de plástico’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Pra mim é um cinturão de plástico, sem valor. O dono do cinturão sou eu. Como diz o Charles do Bronx, o dono do cinturão tem nome: é Deiveson Figueiredo, o Deus da Guerra. Eu vou estar presente nesta luta pra ver essa brincadeira que estão fazendo. Isso é algo que me deixou um pouco chateado com o UFC, pois sou um cara que sempre dei show nas minhas lutas, sempre proporcionei coisas boas nos cards que me colocaram”, disse Deiveson.

Mesmo sendo veemente contra a disputa do título interino, o ‘Deus da Guerra’ deu o seu palpite para o resultado da luta entre Moreno e Kara-France.

PUBLICIDADE:

“Acho que o Kai Kara-France vai nocautear o Moreno. Certamente o Moreno vai querer usar do jiu-jítsu pra levá-lo pra baixo, mas se boxear, o Kai Kara-France vai nocautear o Moreno”, finalizou o campeão.

Com a lesão de Deiveson, o Ultimate não quis esperar a pronta recuperação do campeão e agendou o confronto entre Brandon Moreno e Kai Kara-France valendo o cinturão interino dos moscas. O duelo foi programado para o UFC 277, no dia 30 de julho.

PUBLICIDADE:

Após retomar o cinturão dos moscas, no último mês de janeiro, Deiveson lesionou as duas mãos e precisou passar por um intenso processo de recuperação. Atualmente, o brasileiro já retomou a sua preparação física mas a previsão de volta aos octógonos é apenas para o mês de outubro. O ‘Deus da Guerra’ possui um cartel no esporte de 21 triunfos, dois reveses e apenas um empate.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano